Mitos e verdades sobre unhas em gel

As unhas em gel são uma alternativa para quem deseja ter unhas perfeitas, por muito mais tempo. O material que compõe esse gel é…

As unhas em gel são uma alternativa para quem deseja ter unhas perfeitas, por muito mais tempo. O material que compõe esse gel é diferente e o método para aplicá-lo nas mãos também o é. Isso acaba suscitando algumas ideias que podem não ser totalmente verdadeiras. Veja alguns mitos e verdades sobre unhas em gel.

Como o procedimento é diferente, as unhas em gel acabam causando dúvidas (Foto: Divulgação)

O que são unhas em gel

Para quem ainda não conhece este produto, as unhas em gel são usadas como uma espécie de cobertura das unhas normais, caso a pessoa queira que sua manicure dure mais tempo. As unhas são levemente lixadas e o gel é aplicado sobre elas, formando uma camada resistente e protetora. Ele é também uma alternativa para quem tem unhas curtas ou roídas, pois pode-se aplicar uma extensão (que é uma unha postiça) e, sobre ela, moldar o gel, formando uma unha falsa nova e maior. O resultado é super natural e pode durar por até 2 meses, fazendo-se a manutenção adequada. A secagem do gel é feita com uma cabine especial, com raios ultravioleta.

Mito: as unhas em gel enfraquecem e afinam as unhas naturais

Para remover as unhas em gel, a manicure não deve lixar o produto, de forma que esse lixamento atinja a unha natural. Antes do gel, é aplicada uma base na unha, que equivale, mais ou menos, a duas camadas de esmalte comum, em espessura. Esse é o nível máximo que a lixa pode atingir, não afetando a unha natural. Os restos de gel nunca serão removidos, completamente. É preciso lixar, aos poucos, e esperar que a unha natural cresça, até que os vestígios de gel, ainda que sutis, desapareçam. Se a manicure lixar demais a camada, na hora da remoção, aí sim poderá afetar a estrutura da unha natural, tornando-a mais fina e enfraquecida.

Dá para prolongar o tamanho das unhas naturais (Foto: Divulgação)

Verdade: pode-se lixar e pintar as unhas de gel

As unhas de gel permanecem nos dedos como uma unha comum. Pode-se, com muito cuidado, lixá-las e esmaltá-las, como se fossem unhas naturais. Mas não se pode retirar o esmalte com acetona, pois ele pode prejudicar o gel. É preciso usar removedor.

Continuar Lendo  Cores para decorar o ambiente de trabalho

Mito: qualquer gel é confiável

O gel, infelizmente, não custa barato. Versões atrativas, com preços baixos, podem não ter certificado de fabricação e sua composição pode prejudicar a saúde das unhas. É preciso usar uma marca confiável e, de preferência, fazer o trabalho com um profissional qualificado.

O resultado é perfeito e pode resistir por até 2 meses (Foto: Divulgação)

Verdade: as unhas de gel são resistentes e não descascam

Você pode lavar a louça com unhas de gel, limpar a casa, tomar banho, enfim, pode fazer tudo, normalmente. Elas têm uma estrutura muito resistente e não são afetadas com estas ações, como são os esmaltes comuns.

Para finalizar, é importante observar que, antes de fazer unha em gel, é preciso que as unhas naturais estejam em perfeito estado. Fungos, ferimentos e outros semelhantes devem ser primeiramente curados.

Entenda melhor o procedimento: Unhas de gel – fotos, como fazer

Veja outro método: Como fazer unhas de fibra de vidro

Top