Mitos e verdades sobre hepatite B

A hepatite B é uma doença que pode ser transmitida pelo vírus VHB, que pode afetar as células do fígado. Essas células podem ser…

A hepatite B é uma doença que pode ser transmitida pelo vírus VHB, que pode afetar as células do fígado. Essas células podem ser agredidas de forma direta pelos vírus ou pelas células de defesa que ao tentar combater a infecção, acabam provocando um processo inflamatório crônico. Saiba mais sobre o assunto e confira alguns mitos e verdades sobre hepatite B.

A hepatite B pode ser transmitida pelo sangue contaminado. (Foto: divulgação)

Hepatite B

Um indivíduo infectado pelo vírus da hepatite B pode apresentar as formas crônica, aguda ou fulminante, sendo à última muito rara, mas que pode ser fatal. O vírus da hepatite está presente no sangue, sêmen, secreções vaginais e também na saliva.

A transmissão pode acontecer de mãe para filho durante a gravidez, durante e após o parto, através de ferimentos na pele e mucosas, pelo uso de drogas injetáveis ou por transfusões sanguíneas. Além disso, as relações sexuais são vias de transmissão da hepatite B, sendo considerada uma doença sexualmente transmissível (DST), já que o vírus atinge altas concentrações nas secreções sexuais.

As hepatites são doenças silenciosas. (Foto: divulgação)

Mitos e verdades sobre hepatite B

1. A hepatite B pode ser transmitida pelo consumo de alimentos contaminados.

Mito. O vírus da hepatite B está presente no sangue e nos fluidos orgânicos de um individuo contaminado. Ou seja, ela só pode ser transmitida pelo contato com o sangue de um portador de vírus.

2.  A hepatite B é uma doença rara e por isso, as chances de contrair são mínimas.

Mito. A hepatite B é uma das doenças infecciosas mais frequentes em todo o mundo. Mais de um terço da população mundial está infectado com esse vírus. Em torno de 350 milhões de pessoas em todo o mundo estão cronicamente infectadas.

Leia Também:  Unhas divertidas: fotos, dicas

3. A maioria dos portadores de hepatite B não sabe que tem a doença.

Verdade. Muitas pessoas portadoras de hepatite B não apresentam sintomas. Cerca de 30% das pessoas infectadas com o vírus não tem nenhum sintoma ou sinal. A única forma de saber se está contaminado é necessário fazer um exame médico.

4. A maioria das pessoas com hepatite B morre em consequência da doença hepática grave.

Mito. Em torno de 90% dos infectados com vírus da hepatite Bapresentam uma infecção aguda, que dura algumas semanas ou meses, mas que o individuo se recupera totalmente. Somente aproximadamente 10% das pessoas apresentam doença crônica que pode levar a um quadro grave, resultando na morte.

A hepatite B ataca as células hepáticas. (Foto: divulgação).

A hepatite B é uma doença que pode comprometer a função hepática. Existem vários tratamentos para hepatite B, que atuam no combate e na prevenção de quadros mais graves da doença. Para saber mais sobre o assunto, consulte o médico especialista para avaliar o caso.

Top