Mitos e verdades da enxaqueca

A enxaqueca é um problema que acomete muitas pessoas em todo o mundo. Esse problema é caracterizado por dor intensa e pulsante que gera…

Por Editorial MDT em 20/09/2013

A enxaqueca é um problema que acomete muitas pessoas em todo o mundo. Esse problema é caracterizado por dor intensa e pulsante que gera muitos incômodos aos indivíduos acometidos. O fato é que muitos mitos são criados em relação a enxaqueca, deixando as pessoas preocupadas. Saiba mais sobre o assunto e confira alguns mitos e verdades sobre a enxaqueca.

A enxaqueca causa grande incômodo. (Foto: divulgação)

Enxaqueca

A enxaqueca é considerada um distúrbio neurovascular crônico e incapacitante, de base biológica que acomete pessoas predispostas geneticamente. A cefaleia primária pode acontecer em várias idades, porém costuma se acometer mais adolescentes e adultos jovens, afetando mais as mulheres do que os homens.

Em torno de 15% dos casos de enxaqueca, o quadro é acompanhado de sintomas neurológicos. A principal característica é o embaçamento da visão ou a presença de pontos luminosos ou manchas escuras nos períodos em que precedem as crises de enxaqueca. Cerca de 95% das pessoas terão, pelo menos, uma crise de enxaqueca durante toda a vida. Porém, existem algumas dúvidas relacionadas ao que realmente desencadeia esse problema.

A alimentação pode ajudar a controlar a enxaqueca. (Foto: divulgação)

Mitos e verdades sobre a enxaqueca

1. A enxaqueca melhora na gravidez.

Verdade. A enxaqueca é mais frequente em homens e mulheres devido as alterações hormonais. Na gravidez a maioria das mulheres experimenta um alivio das crises, principalmente, no segundo e terceiro trimestre.

2. Em todos os casos, a enxaqueca é hereditária.

Mito. Apesar de existir casos de enxaqueca hereditários, alguns indivíduos podem sofrer crises esporádicas ou crônicas sem que exista alguém da família com uma dor parecida.

3. Toda dor de cabeça que lateja ou pulsa é enxaqueca.

Mito. Os critérios para diagnóstico de enxaqueca são muitos, não sendo somente o fato de ser uma dor pulsátil ou latejante. Características como sintomas de um único lado da cabeça, intensidade da dor moderada a forte que piora com o exercício ou atividade física, náuseas, sensibilidade a luz e som e outros.

4. Existe dieta para enxaqueca.

Verdade. Alguns alimentos são associados à enxaqueca, como queijos amarelos e derivados do leite, além de produtos enlatados, bebidas alcoólicas e molhos vermelhos. É essencial ressaltar que alguns alimentos pode desencadear dor em algumas pessoas e em outras não.

Muitos mitos são criados em relação à enxaqueca. (Foto: divulgação)

A enxaqueca é um problema que acomete muitas pessoas de várias idades. Essa dor intensa pode ser causada por vários fatores e deve ser tratada para alivio dos sintomas. Uma forma de tratamento é eliminar osalimentos que causam enxaqueca. O mais indicado é consultar o médico para saber mais sobre o assunto.

Top