Médicos querem refrigerantes 20% mais caros

Os “viciados” em refrigerantes que moram na Grã-Bretanha podem ter problemas para comprar o líquido que acompanha refeições. A Real Academia de Médicos do…

Os “viciados” em refrigerantes que moram na Grã-Bretanha podem ter problemas para comprar o líquido que acompanha refeições. A Real Academia de Médicos do país propôs um aumento de 20% no preço dos refrigerantes para diminuir a quantidade de obesos na nação. O relatório divulgado pela associação médica diz que o ganho de peso da população é responsável por uma “grande crise” de saúde.

Leia mais sobre: Tratamento gratuito para pessoas com obesidade

Os refrigerantes são consumidos em excesso pelos consumidores (Foto: Divulgação)

A Grã-Bretanha é um dos países com maior quantidade de obesos em todo o planeta. Em torno de um quarto dos britânicos estão com problemas com o peso apontado pela balança e a expectativa é de que esse número dobre até 2050.

Fim de publicidade de alimentos com muito sal, açúcar e gordura saturada

O relatório da Real Academia de Médicos da Grã-Bretanha também defende o final da publicidade de produtos com alta concentração de gordura saturada, sal e açúcar até às 21h e a diminuição de pontos de venda de fast food próximo às escolas. Os médicos britânicos querem também que conte nos alimentos um aviso específico para crianças com a quantidade de calorias. A associação pede também que o governo invista no serviço público de saúde para cirurgias de redução de estômago.

Debate contra a obesidade

A Associação Britânica de Refrigerantes se pronunciou com relação a essa solicitação de aumento no preço da bebida, dizendo que o refrigerante contribui com “apenas 2%” do total de calorias de uma dieta média. Em todo o planeta a quantidade de obesos vem crescendo e alguns especialistas acreditam que para esse quadro mudar é preciso focar em mudanças culturais, atingindo diretamente o modo como as pessoas costumam se alimentar.

Os fabricantes de refrigerantes rebatem argumentos de que a bebida é vilã da obesidade (Foto: Divulgação)

Saiba mais sobre: Frutas que ajudam a combater obesidade

Além disso, algumas pessoas acham essencial tratar o problemas da obesidade como a dependência de cigarro, e oferecer para as pessoas atividades físicas para que sempre fiquem com a saúde em dia e em forma. Fora isso, a disposição de produtos nos supermercados e os avisos dos males que o exagero no consumo de alimentos que engordam e tem baixo valor nutricional seriam aliados nessa batalha.

Top