Material se comporta como se fosse alienígena

Flikr de Steve Jurvetson Se você é fã de HQs ou de filmes de ficção científica, já deve ter se perguntado como é que…

Flikr de Steve Jurvetson

Se você é fã de HQs ou de filmes de ficção científica, já deve ter se perguntado como é que funcionam o material alienígena do Venom (inimigo do Homem-Aranha) ou do inimigo do Exterminador do Futuro 2, aquele feito a partir de uma espécie de metal líquido. Mas se você acha que tais materiais são exclusivos do imaginário, saiba que os cientistas também trabalham para desenvolver soluções parecidas.

Este é o caso do Ferrofluido, um material líquido de coloração escura e metálica que conserva as propriedades magnéticas dos metais. Longe da ação dos imãs, ele se comporta como um líquido qualquer, mas basta introduzi-lo dentro de um campo magnético para que ele se comporte de maneira extremamente curiosa.

De forma simétrica, ele cria uma série de projeções que desafiam o estado de equilíbrio dos líquidos. O mais interessante é que, segundo os princípios do magnetismo, todas essas esculturas são simétricas. O que acontece é que o material acompanha o desenho das linhas do campo eletromagnético à sua volta.

O ferrofluido é formado por uma solução de partículas de metais extremamente pequenas em um meio aquoso. As partículas sólidas são tão pequenas que, quando misturadas a um solvente apropriado, o material se comporta como um líquido qualquer. Enquanto as partículas metálicas são modificadas pela ação magnética, o fluido se encarrega de mantê-las unidas, causando o efeito curioso.

Apesar das suas propriedades visuais, o ferrofluido é utilizado de maneira discreta em alguns eletrônicos, na mecânica e em equipamentos de ressonância magnética.

Top