Marta Suplicy abriu mão da pré-canditadura ao cargo de prefeita de São Paulo

A senadora Marta Suplicy (PT-SP) afirmou, nesta quinta-feira (3), que abriu mão de concorrer ao cargo de prefeita de São Paulo. O anúncio foi…

A senadora Marta Suplicy (PT-SP) afirmou, nesta quinta-feira (3), que abriu mão de concorrer ao cargo de prefeita de São Paulo. O anúncio foi feito ao lado de Rui Falcão, presidente nacional do PT, e Antonio Donato, presidente do partido em São Paulo.

A secretária de Comunicação Social da Presidência da República, Helena Chagas, comentou, nesta terça-feira (1), que a presidente Dilma Rousseff   fez com que a senadora chegasse a tal decisão. Segundo Chagas, a presidente pediu que Marta não concorresse nas prévias, pois ela é essencial para o governo no Senado, como vice-presidente da Casa.

Marta e Dilma teriam conversado reservadamente no aeroporto de Congonhas, em São Paulo, na noite de segunda-feira (31), alguns minutos antes da presidente visitar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, no Hospital Sírio-Libanês (São Paulo), onde ele faz tratamento contra o câncer na laringe.

A senadora era uma das pré-candidatas do PT, à Prefeitura de São Paulo. Os outros, que se mantém na disputa, são Fernando Haddad, ministro da Educação, Eduardo Suplicy, senador, e os deputados federais Carlos Zaranttini e Jilmar Tatto.

As prévias do partido estão marcadas para o dia 27 de novembro. Até a próxima segunda-feira (7), cada candidato deve coletar no mínimo 3.181 assinaturas de filiados, para poderem garantir a disputa nas prévias.

Top