Lançamento do livro de Paulo Coelho 2011

Um dos maiores escritores do país que com 63 anos de idade e décadas de grandes criações com livros incríveis e músicas inesquecíveis, Paulo Coelho vem encantando milhares de pessoas que gostam de ler, inclusive leitores de outros países com suas belas obras.

 Nascido na cidade do Rio de Janeiro – RJ em uma família de classe média, e estudo concluído no Colégio Santo Inácio Filho, teve uma adolescência de conflitos familiares, pois seus pais não aceitavam a idéia de Paulo ser escritor, em especial sua mãe que o desestimulava constantemente, até levá-lo a ter três internações com acompanhamento de psicólogos.

 Após um período complicado, nada serviu para fazê-lo desistir de seu principal objetivo na época, Paulo Coelho deu um salto em sua carreira quando através de uma companhia de teatro, e de suas primeiras criações na escrita, serem descobertas por Raul Seixas que na época comandava uma gravadora.

 De lá até aqui, seu nome cresceu entre a população que entendia realmente de arte, com textos de mensagens fortes, milhares de pessoas se reconhecem e se auto-afirmam nos conselhos e histórias citados pelo Paulo Coelho.

Ao longo de todos os anos, surgiram muitos livros e obras escritas por Paulo, como:

 – Arquivos do Inferno. Ed. Shogun, 1982.
O Manual Prático do Vampirismo. 1985.
O Teatro na Educação. Ed. Forense Universitária autores, 1973.
O Diário de um Mago – O Peregrino. Rio de Janeiro: Ed. Rocco, 1987.
O Alquimista. Rio de Janeiro: Ed. Rocco, 1988.
Brida. Rio de Janeiro: Ed. Rocco, 1990.
O Dom Supremo (adaptação do livro de Henry Drummond) Rio de Janeiro: Ed. Rocco, 1991.
As Valkírias. Rio de Janeiro: Ed. Rocco, 1992.
Na Margem do Rio Pedra Eu Sentei e Chorei. Rio de Janeiro: Ed. Rocco, 1994.
Maktub (coletânea de seus melhores textos na Folha de S. Paulo). Rio de Janeiro: Ed. Rocco, 1994.
Palavras Essenciais. Ed. Vergara & Riba, 1995.
O Monte Cinco. Rio de Janeiro: Ed. Objetiva, 1996.
O Manual do Guerreiro da Luz. Rio de Janeiro: Ed. Objetiva, 1997.
Cartas de Amor de um Profeta (adaptação do livro de Khalil Gibran). Rio de Janeiro: ed. Ediouro, 1997.
Veronika Decide Morrer. Rio de Janeiro: Ed. Objetiva, 1998.
As Confissões do Peregrino (biografia escrita pelo jornalista espanhol Juan Arias a partir de seu depoimento). Rio de Janeiro: Ed. Objetiva, 1999.
O Demônio e a Srta. Prym. Rio de Janeiro: Ed. Objetiva, 2000.
Histórias para Pais, Filhos e Netos (coletânea de contos tradicionais). Rio de Janeiro: Ed. Globo, 2001.
Onze Minutos. Rio de Janeiro: Ed. Rocco, 2003.
O Gênio e as Rosas. Ilustrado por Maurício de Souza. Rio de Janeiro: Ed. Globo, 2004.
O Zahir. Rio de Janeiro: Ed. Rocco, 2005.
A Bruxa de Portobello. São Paulo: Ed. Planeta, 2006.                                                          

O Vencedor está só. Rio de Janeiro: Editora Agir, 2008.

Se último lançamento, e que até então está entre os mais vendidos atualmente, é O Aleph, lançado no dia 24 de julho de 2010. Nessa história, Paulo Coelho narra sua volta às origens. Num relato pessoal franco e surpreendente, ele revela como uma grave crise de fé o levou a sair à procura de um caminho de renovação e crescimento espiritual. Para se reaproximar de Deus, o mago resolveu começar tudo de novo: viajar,experimentar, se reconectar às pessoas e ao mundo. E assim, entre março e julho de 2006, guiado por sinais, visita três continentes – Europa, África e Ásia –, lançando-se em uma jornada através do tempo e do espaço, do passado e do presente, em busca de si mesmo.

 

Um livro realmente magnífico por abordar o intimo do escritor, nos sugere uma paz espiritual a partir de grandes problemas. Aguardamos que para 2011 (até então nada previsto), Paulo Coelho nos surpreenda novamente com mais uma bela obra, para a alegria de seus fãs.

Reply