IPVA SC 2012 – Santa Catarina

Todos os anos os veículos devem renovar a licença para circulação com o pagamento do IPVA, seguido do seguro obrigatório (DPVAT) e da taxa…

Todos os anos os veículos devem renovar a licença para circulação com o pagamento do IPVA, seguido do seguro obrigatório (DPVAT) e da taxa de licenciamento, mas este ano o estado de Santa Catarina deverá pagar menos.

A alíquota de juros para o estado será o menor de todo o sul e sudeste do país, transitando entre 1% e 2% dependendo do modelo do carro, enquanto que para estados como São Paulo, a alíquota deve transitar em 4%. Isso representará uma redução média de 5,42%, segundo a Secretaria da Fazenda.

Licenciamento 2012

O cálculo do valor do IPVA é baseado no índice criado com base na tabela FIPE (Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas) que indica as alíquotas de valores sobre veículos para cada estado brasileiro. No estado de Santa Catarina esta alíquota deve ficar em: 2% — veículos terrestres de passeios, utilitários e motor-casa (nacionais e estrangeiros). 1% — veículos terrestres de duas ou três rodas e de transporte de carga ou passageiros — coletivos (nacionais e estrangeiros). 1% — veículos terrestres destinados à locação. 1% — motos.

Porém as motos de até 200 cilindradas estarão isentas do pagamento de IPVA, desde que não estejam envolvidas em nenhuma infração de trânsito no ano anterior.

O IPVA mais caro deverá ser o do modelo Mercedes Benz SLR MC Roadster, ano 2010, cujo valor ficará em R$ 58.148,48, enquanto o mais barato deverá ser o da moto Agrale RXT, fabricada em 1985, em média R$ 2,14 apenas.

A tabela completa de valores com a alíquota de cada modelo estará disponível no site www.sef.sc.gov.br a partir do dia 02 de janeiro de 2012.

Pagamentos do IPVA 2012

As datas de pagamento permanecem as mesmas do ano de 2011, e a tabela pode ser verificada no site da Secretaria de Estado da Fazenda.

Leia Também:  IPVA 2012 em São Paulo fica mais barato

O pagamento do IPVA 2012 pode ser efetuado em qualquer agência do Bradesco, Itaú, Santander, Unibanco, Caixa Econômica Federal e Sicoob/Bancoob através do boleto impresso,  que pode ser adquirido no dossiê veículo, cujo link pode ser encontrado no site do Detran.

Já para os clientes do Banco do Brasil a facilidade é muito maior, uma vez que o pagamento pode ser efetuado diretamente no caixa eletrônico, apenas informando o Renavan para que o pagamento seja debitado diretamente em conta corrente, ou online, através da opção pagamentos, também informando o número do Renavan do veículo. A compensação ocorre, como em toda transação online, ao final do período bancário.

Top