Internet moderna completou 30 anos

É complicado ficar um dia sem usar a internet, mesmo que indiretamente. O acesso a rede mundial de computadores, como o conhecemos, baseada no…

É complicado ficar um dia sem usar a internet, mesmo que indiretamente. O acesso a rede mundial de computadores, como o conhecemos, baseada no protocolo TCP/IP, completou no dia 1° de janeiro de 2013, 30 anos de uso. Para comemorar esse dia importante, um dos maiores sites do mundo, o Google, convidou seu vice-presidente e evangelista da web, Vicent Cerf, para contar a história.

Leia mais sobre: Livro de romance online

Faz 30 anos que a internet é como conhecemos (Foto: Divulgação)

Cerf foi um dos idealizadores do protocolo TCP/IP juntamente com Robert Kahn e Jon Postel. O sistema de internet moderna surgiu para uniformizar o tráfego entre redes embrionárias já existentes como a Arpanet, desenvolvida pelo laboratório de Defesa dos Estados Unidos (Darpa).

“Robert Kahn e eu desenvolvemos um novo protocolo de comunicação de computador projetado para suportar a conexão entre diferentes redes. Nós o chamamos de TCP, abreviação para ‘Transmission Control Protocol’ e, em 1974, publicamos um artigo sobre isso na ‘IEEE Transactions on Communications’”, explicou Cerf.

Surgimento do IP para uso da internet

O vice-presidente do Google explicou que anos depois de criar a internet moderna para melhorar a transmissão de dados em tempo real, incluindo voz, foi dividido o TCP em duas partes, o que deu origem ao Internet Protocol, ou IP. Os dois protocolos combinados eram apelidados de TCP/IP.

Confira também: Uso do computador faz bem a saúde de idosos

No dia 1° de janeiro o TCP fez aniversário de uso (Foto: Divulgação)

1° dia de funcionamento da internet moderna

Em 1981, o Darpa iniciou testes do protocolo para integrar suas redes. No dia 1 de janeiro de 1983, os 400 servidores do laboratório do órgão, baseados no protocolo NCP, foram desligados e o sistema migrou para o TCP/IP, dando origem à internet que conhecemos hoje.

“Quando chegou o dia, o principal sentimento foi de alívio, especialmente entre os administradores do sistema. Não houve celebrações. As únicas lembranças que tenho são os bottons com a inscrição ‘Eu sobrevivi à migração para o TCP / IP’”, relatou Vicent Cerf no blog do Google.






Top