Indicações pós-operatórias das plásticas

Ao realizar qualquer tipo de cirurgia, o paciente precisa passar por um pós-operatório que consiste em repouso, uma dieta balanceada e o uso de…

Por Editorial MDT em 04/10/2011

Ao realizar qualquer tipo de cirurgia, o paciente precisa passar por um pós-operatório que consiste em repouso, uma dieta balanceada e o uso de alguns medicamentos. No caso da cirurgia plástica, esses cuidados devem ser redobrados, pois o resultado final depende muito desses dias após o procedimento realizado. Para cada tipo de plástica existe um pós-operatório diferente, mas todos pedem o repouso e a drenagem linfática, massagem que elimina o excesso de liquido no organismo.

No pós-operatório da plástica de mama, por exemplo, a paciente não pode levantar os braços de 7 à 15 dias depois da cirurgia. Nada de exercícios pesados, esforço prolongado ou levantamento de peso. Só se pode carregar algo depois de dois meses, em média. Esse esforço pode ser puxar ou empurrar algum móvel, levantar objetos pesados, musculação e assim por diante. Esse tipo de atividade pode prejudicar o formato da mama, sem falar nos pontos e na cicatrização.

Já para cirurgias plásticas abdominais, o paciente deve ficar em repouso por um bom tempo. Na hora de deitar, é preciso ficar com as pernas pro alto e encostar a cabeça em travesseiros altos. Com esse formato de “U”, o paciente evita a contração do abdômen, o que pode causar dor e também prejudicar cicatriz, pontos e o resultado. A drenagem linfática é indicadíssima em ambos os casos e em demais procedimentos do tipo. Além de modelar o corpo, a massagem elimina o excesso de liquido retido, ativa a circulação, alivia os hematomas e tira o inchaço.

As indicações do pós-operatório da plástica são bem simples. Além do repouso e das posições estratégicas, você precisa manter uma alimentação saudável e balanceada. A hidratação é essencial, por isso beber muito líquido é importante, principalmente a água. Alguns alimentos ajudam na cicatrização e na recuperação, assim como outros podem prejudicar. É importante se informar com o médico quais são esses alimentos.

Os cuidados no pós-operatório da plástica devem ser levados a sério. Além de o resultado definitivo depender desses procedimentos, eles podem aliviar dores e possíveis complicações. É preciso haver também uma parceria entre o médico e o esteticista. Em alguns casos particulares, as massagens podem ser diferentes, mais intensas ou então mais leves. É legal que você passe por profissionais que já se conheçam, que já tenham tratado pacientes em comum. O pós-operatório fica mais fácil e rápido.

 

 

 

 

 

Top