Ideias para trote solidário

Já se foi o tempo em que os calouros eram recebidos nas faculdades e universidades de todo o país com trotes humilhantes e violentos,…

Os trotes mudaram e agora envolvem crianças e também a comunidade, com ações sociais

Já se foi o tempo em que os calouros eram recebidos nas faculdades e universidades de todo o país com trotes humilhantes e violentos, apesar de que em algumas instituições, os alunos veteranos ainda insistem em tomar esse tipo de atitude para recepcionar os novatos aprovados no vestibular mais recente, deixando estudantes com sequelas físicas e psicológicas, quando não acontece algo pior.

Em todas as universidades do Brasil esses trotes estão até proibidos, pelo menos de serem realizados nas dependências das próprias instituições de Ensino Superior, com punições graves para aqueles que forem flagrados organizando os trotes. Por outro lado, novos tipos de trote vêm ganhando força a cada dia, criando uma alternativa para manter de forma mais educativa, saudável e até mesmo beneficente a tradicional confraternização entre veteranos e calouros, no início de cada semestre letivo. Estamos falando do trote solidário.

Várias faculdades já organizam os trotes solidários para receber com muita paz e alegria os novos alunos. Os eventos costumam ter cunho social, cultural, ecológico ou de cidadania, e acabam beneficiando não só aos alunos mas também à comunidade, que só tem a ganhar com esse tipo de trote.

Sugestões

Doar sangue é um dos trotes solidários mais praticados

Alguns bons exemplos de trotes solidários são:

– Organizar uma doação de sangue entre os novatos e os veteranos;

– Fazer oficinas de reciclagem, convidando a comunidade que vive no entorno da faculdade;

– Organizar um mutirão para limpar e reorganizar uma escola ou centro comunitário;

– Realizar uma gincana para doação de livros, roupas, alimentos, remédios e brinquedos;

Leia Também:  PROUNI 2016 Inscrições, Dúvidas e Calendário

– Programar apresentações de teatro e música, mostrando os talentos da faculdade;

– Organizar atividades de lazer, jogos e campeonatos;

Plantar árvores e ensinar aos moradores como cuidar delas;

– Ensinar às crianças carentes algum tipo de atividade que seja benéfica para elas.

Projetos

Reunir calouros e veteranos para plantar árvores também é uma bela ideia

Algumas iniciativas como essas acabam sendo tão bem feitas que se transformam em projetos, virando uma ação permanente em prol da população, como é o caso do “Universitário Sangue Bom”, que nasceu como trote solidário em faculdades do Rio de Janeiro e hoje é um grande programa para aumentar o número de doadores de sangue. Conheça mais sobre o projeto no site www.universitariosanguebom.com.br.

Outra iniciativa interessante é o “Trote da Cidadania”, organizado desde 1999 pela Fundação Educar DPaschoal, como uma forma de envolver cada vez mais os jovens universitários em projetos sociais. A Fundação premia, anualmente, as melhores práticas de trotes solidários do país. Acessando o site www.trotedacidadania.org.br, você tem acesso a todas as informações do prêmio e pode ver várias sugestões de trotes solidários.

Aproveite as ideias para realizar o trote solidário na sua universidade.

Top