Graça Foster nova presidente da Petrobras

De acordo com uma declaração emitida pela Petrobras, Maria das Graças Silva Foster, apontada para tomar a direção da empresa, em substituição a José…

Imagem: (Foto Divulgação)

De acordo com uma declaração emitida pela Petrobras, Maria das Graças Silva Foster, apontada para tomar a direção da empresa, em substituição a José Sergio Gabrielli, possui 32 anos de experiência na mesma.

Graduada em engenharia química pela UFF (Universidade Federal Fluminense), a executiva possui pós-graduação em Engenharia Nuclear e mestrado em Engenharia Química pela COPPE/UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro), e MBA em Economia pela FGV/RJ (Fundação Getúlio Vargas).

De Caratinga, Minas Gerais, Foster (58), é casada e possui dois filhos. Em 1978 a dirigente  entrou na Petrobras como estagiária no Cenpes, no setor de Lubrificantes. O primeiro cargo após contratada foi como engenheira de perfuração.

Entre 2003 e 2005, Foster foi secretária de Petróleo e Gás do Ministério de Minas e Energia, até então liderado pela presidente Dilma Rousseff. Se for aprovada pelos membros do conselho da Petrobras, a executiva será a primeira mulher a ostentar a administração da maior companhia brasileira.

Confira a seguir o currículo completo de Foster, publicado pela Petrobras:

“Maria das Graças Silva Foster é graduada em Engenharia Química pela Universidade Federal Fluminense (UFF) com mestrado em Engenharia Química e pós-graduação em Engenharia Nuclear pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (COPPE/UFRJ), tendo MBA em Economia pela Fundação Getúlio Vargas (FGV/RJ). Foi eleita Diretora da Área de Gás e Energia da Petrobrás – Petróleo Brasileiro S.A. em 21 de setembro de 2007. Tem 32 anos de Petrobras.

Atualmente, além deste cargo, Graça Foster é Presidente da Gaspetro – Petrobras Gás S.A. e dos Conselhos de Administração da TBG – Transportadora Brasileira Gasoduto Bolívia-Brasil S.A. e da TAG – Transportadora Associada de Gás S.A. É membro dos Conselhos de Administração da Transpetro – Petrobras Transporte S.A., da Petrobras Biocombustível S.A., da Braskem S.A. e do IBP – Instituto Brasileiro de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis.

Leia Também:  Dilma Rousseff divulga hoje sua relação de vetos ao Código Florestal

De maio de 2006 a setembro de 2007, Graça Foster foi presidente da Petrobras Distribuidora S.A., acumulando a função de diretora financeira nesse último ano. Anteriormente, em setembro de 2005, assumiu a presidência da Petroquisa – Petrobras Química S.A., desempenhando, simultaneamente, a função de gerente executiva de Petroquímica e Fertilizantes na Diretoria de Abastecimento da Petrobras.

De janeiro de 2003 a setembro de 2005, Graça Foster exerceu a função de Secretária de Petróleo, Gás Natural e Combustíveis Renováveis do Ministério de Minas e Energia e assumiu, por decretos da Presidência da República, as funções de Secretária Executiva Nacional do Programa de Mobilização da Indústria Nacional de Petróleo e Gás (Prominp) e coordenadora interministerial do Programa Nacional de Produção e Uso de Biodiesel, ambos do Governo Federal.

Anteriormente, ocupou cargos gerenciais na Petrobras, na Área de Gás e Energia e no Centro de Pesquisa e Desenvolvimento Leopoldo Américo Miguez de Mello (Cenpes), bem como na TBG (Transportadora Brasileira do Gasoduto Bolívia Brasil).

Em 2007, Graça Foster foi condecorada com o grau de Comendador da Ordem do Rio Branco, do Ministério das Relações Exteriores. No ano seguinte, foi eleita executiva de finanças do ano e recebeu o troféu “Equilibrista, concedido pelo Instituto Brasileiro de Executivos de Finanças (Ibef-RJ). Foi homenageada também com o prêmio “Mulher de Negócios 2008”, da revista Cláudia, publicação brasileira dedicada ao público feminino.

Em 2009, Graça Foster recebeu a Medalha Tiradentes, a mais importante homenagem oferecida pela Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro, em reconhecimento a sua contribuição para o desenvolvimento do País e do Estado do Rio de Janeiro, como profissional da Petrobras.

Em 2010, Graça Foster foi incluída em dois importantes rankings internacionais. Ela é uma das 50 mulheres em ascensão no universo dos negócios em todo o mundo, segundo o jornal inglês Financial Times, e está entre as 10 executivas mais poderosas da América Latina, segundo a revista America Economia, publicação sobre economia, finanças e negócios na América Latina, editada no Chile.

Leia Também:  Promoção Meu Botijão da Sorte 2013

Graça Foster está entre as 15 melhores gestoras do Brasil em 2011, de acordo com ranking organizado pelo jornal Valor Econômico em parceria com a empresa de seleção de executivos Egon Zehnder. Neste mesmo ano, ela participou do evento“Women at the Top”, organizado pelo jornal Financial Times, que reuniu, na China, executivas que vêm se destacando em suas áreas de negócio em diferentes partes do mundo.

Também em 2011, Graça Foster foi agraciada, por proposta do Conselho da Ordem do Mérito Naval à Presidência da República, com o Grau de Comendador do Quadro Suplementar da Ordem do Mérito Naval. A comenda foi concedida, em Brasília, durante as comemorações do aniversário da Batalha Naval do Riachuelo – data magna da Marinha”.

Top