Furosemida Emagrece

Furosemida é um diurético comercializado com o nome de Lasix ®, usado no tratamento de insuficiência cardíaca congestiva e edema. Assim como outros diuréticos,…

Por Redacao em 07/07/2011

Furosemida é um diurético comercializado com o nome de Lasix ®, usado no tratamento de insuficiência cardíaca congestiva e edema. Assim como outros diuréticos, a furosemida também está incluída na lista de substâncias proibidas da Agência Mundial Antidoping, uma vez que poderia mascarar outros agentes considerados doping.

Ele é usado principalmente para a liberação de urina e outros líquidos presentes no corpo humano. Ficou mais conhecido ao virar polemica com Dayane dos Santos. A ginasta foi pega no exame anti-doping quando o remédio foi detectado em seu organismo. O problema é que a Furosemida acaba mascarando remédios como anabolisantes e estimulantes. Sendo assim a organização da competição alegou que Dayane poderia estar usando o remédio para esconder algum suplemento mais forte em seu organismo.

Os efeitos colaterais mais freqüentes são: sede, Boca seca, alterações gastro-intestinais, hipotensão, taquicardia ou arritmia, dor ou cansaço muscular, ou cãibras, fraqueza generalizada, letargia, tonturas, agitação.

A furosemida é normalmente utilizada para obter a diminuição de peso porque, ao ingerir, a pessoa urina mais. Porém, ela também é usada para burlar determinados tipos de exames. Na hora de fazer o controle, não dá para pegar todas as substâncias na urina. Essa proibição é para evitar que a urina se apresente muito diluída, difícil de captar qualquer substância estimulante.

Quando a pessoa urina excessiva pode causar desidratação e redução do volume sanguíneo com colapso circulatório e possibilidade de trombose e embolia, particularmente em pessoas idosos. Como qualquer diurético eficiente, a furosemida pode ocasionar depleção de eletrólitos, especialmente em pessoas que tomam altas doses e com restrição de ingestão de sal.

As pessoas que tomam Lasix ® (forosemida) devem ser alertadas que podem sofrer sintomas decorrentes da perda excessiva de fluidos ou eletrólitos. A hipotensão postural que algumas vezes ocorre pode ser administrada levantando devagar. Suplementos de potássio ou dietas especiais podem ser necessários para evitar hipocalemia.

Já foi observada elevação na glicose sanguínea em indivíduos que recebem esse tipo de medicação. Pessoas com diabetes mellitus devem ser alertadas que a furosemida pode elevar os níveis de glicose e desta forma afetar os testes de urina de glicose. Pessoas com hipertensão devem evitar medicamentos que elevem a pressão sanguínea. A pele de alguns indivíduos pode ficar mais sensível à luz solar com o uso de furosemida. Pessoas com obstrução parcial do fluxo urinário podem provocar ou agravar problemas com a retenção da urina.

Portanto ás pessoas que estão a procura de uma forma milagrosa para emagrecer devem tomar cuidado ao ingerir forosemida, pois a única coisa que vai ocorrer é a perda de líquido de seu organismo e dependendo da quantidade pode ocorrer problemas de saúde. Para emagrecer nada melhor que uma dieta saudável e exercício físico, infelizmente ainda não inventarão uma formula mágica para perder peso sem que haja esforço e força de vontade.

Um ALERTA não consuma remédios sem prescrição médica, consulte um médico especializado no assunto, pois com saúde não se brinca.

Top