Como o excesso de proteínas prejudica a saúde

Um dos assuntos mais discutidos entre os adeptos do corpo saudável é em relação à ingestão de proteínas. Muito ainda se questiona sobre os…

Um dos assuntos mais discutidos entre os adeptos do corpo saudável é em relação à ingestão de proteínas. Muito ainda se questiona sobre os benefícios e os malefícios da alta ingestão de alimentos ricos em proteínas. Esse questionamento se torna ainda mais evidente quando o assunto é nutrição esportiva, a qual incentiva o uso de shakes ricos em proteína. Saiba como o excesso de proteínas prejudica a saúde.

Saiba mais sobre a dieta da proteína. 

Antes de iniciar a adoção de uma nova dieta, é ideal buscar a orientação de um especialista. (Foto: divulgação)

A proteína e suas funções

A proteína tem papel fundamental na alimentação de qualquer indivíduo, seja ele adepto dos esportes ou não. Esse nutriente tem grande importância na construção e na manutenção da massa muscular.

Os músculos do nosso corpo são feitos por proteínas, porém o organismo não produz as quantidades suficientes dessa substância para manter a massa muscular adequada. Dessa forma, o indivíduo deve repor, através da alimentação ou de suplementos, a quantidade de proteínas suficientes para o corpo para sua adequada manutenção.

Para alcançar o corpo ideal, muitos indivíduos se submetem à realização de dietas. (Foto: divulgação)

O equilíbrio X o excesso

A suplementação proteica pode trazer alguns benefícios à vida do indivíduo, principalmente quando se trata de praticantes de diversas modalidades esportivas, por colaborar com a reposição da massa muscular. No entanto, para que os malefícios da suplementação proteica sejam prevenidos, é ideal buscar a orientação de um especialista, além de manter uma dieta saudável e equilibrada.

Dieta hiperproteica – o mito da vida saudável

Atualmente as dietas estão em alta. Entre elas, uma que se tornou mundialmente famosa foi a dieta hiperproteica, que traz a falsa impressão de colaborar com a perda rápida de peso. É muito importante que o indivíduo, antes de iniciar qualquer tipo de alimentação rica em proteínas, busque a orientação de um especialista, de modo a evitar  consequências de uma dieta feita de maneira errada.

Leia Também:  Dicas para maquiagem não derreter no verão

O perigo da falta de carboidratos

A dieta rica em proteínas pode proporcionar alguns malefícios, principalmente quando é realizada sem um acompanhamento adequado. O principal dano que a dieta hiperproteica pode proporcionar está ligado à alteração do funcionamento do cérebro. Ou seja, diante da falta de carboidratos, a energia fornecida ao órgão pode ocasionar a degradação de proteínas em outras áreas do corpo, como os músculos e, até mesmo, gorduras. Como resultado o indivíduo pode apresentar dificuldade de concentração, irritabilidade, dores de cabeça, confusão mental e desmaios.

O consumo excessivo de proteínas pode trazer alguns malefícios à vida do indivíduo. (Foto: divulgação)

Devido a constante busca do corpo ideal, muitas pessoas se submetem a realização de dietas que podem ser maléficas ao organismo. Uma delas é a dieta rica em proteínas. Vale ressaltar que antes de iniciar qualquer alteração no cardápio diário, é ideal buscar a orientação de um especialista, de modo a evitar consequências de uma má alimentação.

Saiba onde encontrar a proteína vegetal.

Top