Financiamento de Móveis e Eletrodomésticos

O financiamento de móveis e eletrodomésticos tem como objetivo encontrar o modo mais barato de financiar a compra de bens como geladeira, fogão, móveis…

O financiamento de móveis e eletrodomésticos tem como objetivo encontrar o modo mais barato de financiar a compra de bens como geladeira, fogão, móveis e eletrodomésticos, não há regra ou caminho definido, o negócio é pesquisar, pois não há uma regra dizendo onde é mais barato ou mais caro.

As taxas nessas modalidades de crédito ao consumidor são mais caras que as de imóvel e carro porque o risco para a instituição financeira é grande e em caso de inadimplência, não dá para recuperar o bem.

O principal critério que determinará as taxas e o prazo de pagamento dos empréstimos concedidos ao consumidor será o seu histórico de pagamentos. Quem tem perfil mais arriscado considerado pelo banco, com mais possibilidade de inadimplência, provavelmente conseguirá prazos menores.

No Santander, por exemplo, um financiamento seguro é o que compromete menos de 30% da renda do cliente, nesse perfil, a pessoa pode conseguir prazos para empréstimo pessoal em até 48 meses.

A Caixa Econômica Federal possui uma linha de financiamento direto da venda de bens de consumo no varejo, como eletrodomésticos, eletrônicos, móveis, TV e vídeo, além de material de construção.

Ela está atrás de parceiros para a sua nova modalidade de financiamento o crediário caixa fácil, que oferece taxa de juros a partir de 2,9% ao mês e prazo de até 24 meses para pagar. O banco quer  fechar negócios com outras 72 empresas da Grande Vitória e também do interior do Estado, que estão interessadas em aderir à linha de crédito.

Voce pode financiar através do crediário caixa fácil móveis, eletrodomésticos, eletrônicos, produtos de informática, turismo, os prazos de pagamento são em até 24 meses, e o cliente tem uma carência de 63 dias para começar a pagar a primeira prestação, a taxa de juros e a partir de 2,9% ao mês. Valor máximo por categoria é de R$ 10 mil.  E para conseguir o financiamento é preciso levar carteira de identidade, CPF, comprovantes de residência e de renda.

Leia Também:  Linha de crédito do Minha casa minha Vida: saiba mais

Hoje, as lojas de móveis e eletrodomésticos central de financiamentos, aceitam esse tipo de financiamento da caixa economica federal, no qual e realizado na hora sem qualquer burocracia, dando a pessoa um limite de crédito de até R$ 10 mil, O parcelamento é seguro, rápido e acompanha bem o perfil do consumidor, que não consegue comprar nas grandes redes de lojas devido aos altos custos do financiamento.

O Banco do Brasil tem um crediário especial para seus correntistas, os clientes podem acessar ao BB Crediário em qualquer loja que aceita o cartão de crédito Visa. O consumidor pode financiar até R$ 50 mil em compras de móveis, de eletrodomésticos, de eletrônicos, de produtos de informática, além de cirurgias plásticas e serviços de saúde. O prazo para pagar é de até 60 meses. Os correntistas podem ver, em suas contas, para quais modalidades de financiamento têm crédito liberado. Em caso do crediário é dado carência de 59 dias para o cliente começar a pagar. A opção pelo banco será por conta da facilidade para dividir em 24 vezes, com uma taxa de juros menor.

A Caixa e Banco do Brasil, querem estimular a competição e reduzir as taxas de juros. Boa parte das lojas oferece parcelamentos penosos e muitos consumidores não percebem o quanto são prejudicados.

Mas pesquise, pois certamente existem outros bancos e formas de realizar um financiamento de móveis e eletrodomésticos com condições perfeitas para seu orçamento.

Top