Faróis com água, como evitar

As estações mais chuvosas do ano apresentam um grande incômodo e até mesmo perigos aos motoristas. Não só pelas possibilidades maiores de acidentes, como…

As estações mais chuvosas do ano apresentam um grande incômodo e até mesmo perigos aos motoristas. Não só pelas possibilidades maiores de acidentes, como também por possíveis danos ao automóvel, alguns cuidados são primordiais para manter a segurança do veículo e também das pessoas que se utilizam dele. Neste mesmo contexto é válido citar os casos onde a água entra no farol, interrompendo o seu funcionamento e até mesmo enferrujando a sua estrutura.

Conheça alguns cuidados com os farois do carro.

Saiba como evitar que a água estrague os faróis de seu veículo (Foto: Divulgação)

O farol do carro com água pode ocasionar danos à parte elétrica do automóvel, de forma a comprometê-la seriamente. As manutenções deste tipo são caras, porém existe uma forma mais barata para remediar o problema: a prevenção. Nesta matéria saberemos um pouco mais sobre como evitar a entrada de água nos faróis. Confira:

Como evitar a entrada de água nos faróis do carro

Às vezes é inevitável passar por uma trilha cheia d´água ou sair de casa em dias chuvosos. Porém, ações simples podem evitar água na parte interna dos faróis. Para começar, o primeiro passo é avaliar se o tamanho dos faróis instalados não está muito desproporcional e caso afirmativo, o indicado é que você troque por modelos mais específicos, que façam um encaixe mais uniforme.

Limpe bem o farol antes de vedá-lo (Foto: Divulgação)

Trocando-os ou não, na hora de desmontar o farol, limpe e seque bem a parte interna com o secador de cabelos e faça o uso de silicone para a vedação. Isso não apenas evita a água no farol, como também impede a passagem de quaisquer elementos e por muito mais tempo. Todavia, o silicone pode se desgastar, de modo que periodicamente você terá de refazer a vedação.

Continuar Lendo  Climatizador Portátil Modelos, Preços, Onde Comprar

Dicas para cuidar bem dos faróis do carro

Periodicamente é necessário avaliar como está a condição mecânica e elétrica do seu veículo, principalmente, em relação aos faróis do carro, visto que eles são fundamentais para sinalizar o trânsito.

A má sinalização é um evento causador de multas e muitos prejuízos (Foto: Divulgação)

As lâmpadas também devem ser trocadas por no mínimo a cada dois anos, de modo que é sempre fundamental ter uma reserva dentro do próprio veículo com os devidos materiais para efetuar a troca e a vedação, no caso delas queimarem e você estiver na estrada. Por fim, cuide bem da limpeza, visto que a má sinalização é um fator de multas e de muitos prejuízos para o motorista.

Veja também:  Os 10 carros mais vendidos do mundo.

Top