Exercícios e a Alimentação na Terceira Idade

Os Exercícios e a Alimentação na Terceira Idade são fundamentais para a saúde das pessoas na melhor fase da vida. Para ajudar você nesta nova…

Os Exercícios e a Alimentação na Terceira Idade são fundamentais para a saúde das pessoas na melhor fase da vida. Para ajudar você nesta nova etapa, preparamos algumas dicas importantes que podem ser colocadas em prática no seu cotidiano. Claro, as informações sempre devem ser consultadas com seu médico de confiança, pois cada um tem um organismo diferente, reage positivamente ou negativamente a cada situação. Mesmo assim, vale ficar atento pois as dicas podem estar de acordo com o seu perfil.

Exercícios e a Alimentação na Terceira Idade (Foto Ilustrativa)

Exercícios e a Alimentação na Terceira Idade

Tudo o que está relacionado aos Exercícios e a Alimentação na Terceira Idade é preciso tomar alguns cuidados. No quesito de atividades, o idoso tem alguma restrições, principalmente se o mesmo não tiver praticado exercícios constantes durante a fase adulta ou juvenil. Quem já tiver preparado ou feito atividades anteriormente, chega aos 60 anos com mais disposição.

Hábito saudável favorece e prolonga a vida (Foto Ilustrativa)

Quem quer começar a se cuidar agora, pode apostar em um especialista para orientar a cada movimento e trabalhar calmamente os pontos mais complicados, como coluna, pernas e outros. Apenas um personal pode ajudar você nesta adequação do corpo, mas saiba desde já que é possível sentir aquela disposição novamente.

Leia mais informações sobre:  COMO MANTER A SAÚDE NA TERCEIRA IDADE?

Alimentação ideal

A alimentação deve ser bem colorida e diversificada, rica principalmente em vegetais. Devido à idade, o intestino fica mais lento, tornando alimentos fibrosos fundamentais.

A água também é fundamental para qualidade de vida, visto que muitos idosos têm dificuldades de beber muitos copos de água, eles podem optar por alimentos ricos em água, como frutas e sucos.

Alimentação influencia na disposição e ânimo das pessoas (Foto Ilustrativa)

A gordura do cardápio deve ser restringida e eles devem comer em pequenas quantidades nos intervalos entre as principais refeições do dia. O iogurte, os cereais integrais, frutas em geral e vitaminas são bem vindos. Seria interessante que os idosos comessem de três em três horas, para não sobrecarregar os intestinos. Ingerir pouco sal também é muito importante para a preservação da saúde, além disso dar sempre prioridade para a “comidinha caseira” ficar longe dos fast foods e alimentos congelados também irá ajudar o idoso a ter mais saúde.

O café-da-manhã deve ser reforçado contendo todos os grupos alimentares inclusos.O idoso pode procurar um nutricionista ou endocrinologista para receber informações adequadas sobre a dieta personalizada.

Leia mais informações sobre: BENEFÍCIOS DA FISIOTERAPIA NA TERCEIRA IDADE

Exercícios físicos na terceira idade

Os exercícios regulares, realizados periodicamente e bem orientados, são bem vindos também, pois, ajudam a manter uma boa qualidade de vida, reduzindo a chance de morte por problemas cardiovasculares e por outras doenças. A atividade física mantêm as pessoas dispostas, pois libera serotonina e endorfina, os chamados hormônios da felicidade e contribuem para manter a auto-estima e o bem-estar físico. É fundamental fazer uma avaliação médica e também física antes de começar a se exercitar.

Procure um clínico, cardiologista ou especialista em medicina do esporte antes de iniciar um programa de condicionamento ou reabilitação. Com isso, poderá ser criado um programa de exercícios de forma correta onde o idoso poderá seguir de maneira segura e eficaz. Esse é o segredo básico para a melhoria das condições de vida, juntar uma boa alimentação com atividades físicas, além disso, também ajuda a prevenir doenças como: obesidade, pressão alta, infarto, derrame, depressão, entre outras.

Exercícios devem ser feitos regularmente e médico deve autorizar (Foto Ilustrativa)

Outro fator positivo aliado à prática de exercícios físicos é que assim o idoso se mantém ativo e disposto. Para finalizar as dicas de como ajudar a prolongar a vida de um idoso com alimentação e exercícios físicos, vale lembrar que o carinho e a atenção das pessoas que amam esse idoso também são indispensáveis para afastá-lo de doenças como a depressão.

População Idosa no Brasil

A população de idosos brasileira vem crescendo cada vez mais, representando quase 15 milhões de pessoas com 60 anos de idade ou mais (8,6% da população). O ser humano tem buscado cada vez mais formas de envelhecer melhor. Muitas pessoas têm se preocupado cada vez mais com a questão da saúde. Por isso, a alimentação na terceira idade deve ser bem balanceada e um tanto quanto especial. É necessário considerar alguns princípios básicos para mexer na alimentação dos idosos. Mas não podemos esquecer que o sedentarismo também é um fator que diminui a vida das pessoas, por isso, é importante também elaborar uma rotina de exercícios para que o idoso aumente a sua expectativa de vida. Outro ponto também imprescindível é que a família do idoso esteja comprometida com seu bem-estar, ajudando a controlar o peso, a rotina, além de proporcionar um ambiente seguro para mante-lo longe de acidentes.

Quer saber mais sobre dicas de saúde? Confira nossos outros artigos e dicas aqui no Mundo das Tribos!

Top