Esportes Aquáticos no Brasil

Com a inovação de diversas modalidades de esportes aquáticos no Brasil que surgiram nos últimos tempos, competições aquáticas são uma das mais prestigiadas atualmente no…

Com a inovação de diversas modalidades de esportes aquáticos no Brasil que surgiram nos últimos tempos, competições aquáticas são uma das mais prestigiadas atualmente no Brasil, as quais vêm despertando a curiosidade e o interesse dos mais os públicos. São divididos em esportes aquáticos normais e olímpicos, que são realizados pela Federação Internacional de Natação (FINA). Conheça agora, um pouco mais sobre as principais modalidades dessa área.

Esportes Aquáticos no Brasil

Esportes Aquáticos no Brasil

Esportes Aquáticos Olímpicos

Natação: Uma das provas olímpicas de maior tradição, a natação é realizada em quatro estilos diferentes como o crawl (ou livre), costas, peito e borboleta, em distâncias de 50m, 100m, 200m, 400m, 800m e 1.500m, dependendo de cada tipo de prova.

Nado Sincronizado: Este esporte é praticado excepcionalmente por mulheres e apresenta uma mistura de natação, ginástica e dança, com movimentos sob e sobre a água. É dividido em duas modalidades: dupla e grupo. São apresentadas coreografias com movimentos relacionados a uma música, onde as nadadoras devem apresentar o máximo de sincronismo, criatividade e flexibilidade.

Esportes Aquáticos no Brasil (imagem Google)

Saltos ornamentais: Pode ser praticado por homens e mulheres, os quais saltam de uma plataforma ou trampolim realizando acrobacias que podem ser analisados com ou sem grau de dificuldade. Também pode haver salto sincronizado nessa modalidade, onde os dois atletas fazem o mesmo salto no tempo sincronizado.

Canoagem: São disputadas competições de slalom (velejo com obstáculos) e velocidade. Ambas utilizam dois tipos de embarcações, as canoas e os caiaques, e possuem provas masculinas e femininas. O percurso varia de 500 a 1000 metros, dependendo da modalidade.

Pólo Aquático: Esporte coletivo, parecido como um handebol, porém praticado na água. É formado por sete titulares e seis reservas, onde a bola deve ser conduzida por apenas uma das mãos ou braços, sendo somente permitido ao goleiro, segurar a bola com as duas mãos. Pode ser praticado por homens e mulheres.

Maratona Aquática: É uma competição de longa distância disputada em lago, rio ou mar. O estilo nadado é o crawl. A distância percorrida pelos nadadores geralmente é entre 5 km, 10 km e 25 km. Os atletas podem ingerir líquidos e alimentos nesse tipo de competição.

Windsurf: O windsurf possui diversas modalidades, as quais possuem específicos equipamentos desenvolvidos para determinadas finalidades. As classes que existem hoje são: Aloha, Mistral, Raceboard, Fórmula Windsurfing, Funboard, Windsurfer e Open. É praticado com uma prancha semelhante à de surf, que traz inserida uma vela de comprimentro entre 2 e 5 metros de altura.O objetivo manter a prancha  planada sobre a água utilizando a força do vento.

 Esportes Aquáticos no Brasil 1

Esportes Aquáticos Não Olímpicos

Surfe: Considerado um dos mais antigos esportes radicais, o surfe é praticado por homens e mulheres. O único instrumento utilizado nesse esporte é a prancha, onde os esportistas nadam até alto mar, se posicionando em pé e com a chegada das ondas, realizam manobras que exigem muita habilidade e equilíbrio.

Long Board: O Long Board,como o próprio nome diz (prancha longa) é um tipo de surfe, o qual se usa uma prancha mais longa e larga que permite manobras mais elaboradas.

Short Board: É o oposto do Long Board, onde a prancha é mais curta, possibilitando ao surfista pegar ondas maiores e mais velozes.

Esqui Aquático: Para a sua prática são necessárias no mínimo duas pessoas. Enquanto uma conduz a lancha, a outra é puxada por uma corda. O campeonato brasileiro de esqui aquático é disputado nas modalidades slalom, truques e rampas. O slalom (velejo com obstáculos) é o esqui único, que permite maior desenvolvimento dentro da água. Na rampa, o vencedor é definido através da distância do salto. Finalmente, no esqui de truques, o equilíbrio é muito difícil, por não ter quilha (uma lâmina colocada no fundo de pranchas e embarcações para ajudar a manter a direção) acoplada.

Os esportes aquáticos no Brasil tem trazido a tona grandes revelações (imagem Google)

Biribol: É praticado dentro de uma piscina, semelhante ao vôlei. É a mais nova modalidade esportiva do Brasil, e o único esporte praticado dentro de uma piscina especial de 4,00 x 8,00 x 1,30 m (profundidade) com rede, bola e postes de sustentação. Consta de quatro jogadores de cada lado. As partidas são divididas em três, ou cinco “setes”, de doze pontos cada um. Suas regras são semelhantes às do voleibol, porém, com suas próprias características.

Kitesurf: Utiliza-se de uma pipa e uma prancha com uma estrutura de suporte para os pés. A pessoa com a pipa presa à cintura coloca-se em cima da prancha e, sobre a água, é impulsionada pelo vento que atinge pipa. É através de uma barra que a mesma consegue controlar seus movimentos e ao mesmo tempo realizar saltos incríveis. É uma prática muito popular e que vem crescendo a cada dia, não só no Brasil, mas também em Portugal e outros países.

Se você gosta de experimentar novas sensações com muita adrenalina, uma ótima opção é a prática de esportes aquáticos, já que devido às inovações surgidas nos últimos tempos, tendem a crescer cada vez mais. Ao mesmo tempo em que oferecem descontração e diversão, contribuem com muitos benefícios para o corpo e a mente aliviando tensões e estresses do dia-a-dia.

Esportes Aquáticos no Brasil 2

 

 




Este artigo possui 1 comentário

  1. tamara
    Publicado em 16/09/2012 às 11:02 AM [+]

    amem!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!


Top