Esperança é a palavra de ordem no Fluminense

Nem mesmo o tropeço diante do Atlético Mineiro, em casa, na última rodada, fez com que o elenco do Fluminense perdesse a esperança de…

Por Redacao em 26/10/2011

Meia Marquinho ainda acredita na conquista do título, mas prefere dar um passo de cada vez

Nem mesmo o tropeço diante do Atlético Mineiro, em casa, na última rodada, fez com que o elenco do Fluminense perdesse a esperança de conquistar o tão sonhado bicampeonato brasileiro.

E o que mais motiva os tricolores a continuar acreditando no título, mesmo estando a sete pontos do líder Vasco, é a brilhante campanha do Fluminense no segundo turno do Brasileirão, como a melhor da competição.

Em 12 jogos realizados, a equipe comandada pelo técnico Abel Braga venceu oito partidas e somou 25 pontos, aproveitamento de 69,4%, mostrando que o time tem poder de recuperação. Na virada de turno, por exemplo, o Flu estava na décima primeira posição, a 12 pontos do líder. De lá para cá, a diferença para o primeiro colocado diminuiu para sete pontos, o time das Laranjeiras subiu para a quinta colocação e se mantém firme na briga pelo troféu.

Para a próxima partida, contra o Ceará, sábado, em Fortaleza, o Fluminense tem consciência de que não pode se dar ao luxo de perder pontos. Para isso, conta com os reforços do atacante Fred e do meia Marquinho, que retornam de suspensão.

Na visão do meia, a equipe deve sim pensar no título, mas antes é preciso se garantir na Libertadores do ano que vem. “Precisamos nos recuperar dessa derrota em casa, o quanto antes. Enquanto houver chances, vamos lutar e acreditar no título. Mas, nosso pensamento é primeiro garantir uma vaga na Libertadores. Depois que atingirmos esse objetivo, passaremos a focar totalmente o título”, afirmou o confiante Marquinho, em entrevista ao site oficial do clube.

Top