Escova elétrica e sônica: qual a diferença

Na hora de fazer a higiene bucal, muitas pessoas recorrem à escova de dente elétrica. Este aparelho causa a impressão de que a limpeza…

Por Isabella Moretti em 12/10/2013

Na hora de fazer a higiene bucal, muitas pessoas recorrem à escova de dente elétrica. Este aparelho causa a impressão de que a limpeza é mais eficiente e rápida. No entanto, nem todo mundo conhece a fundo as diferenças entre a escova normal, elétrica e sônica.

Características da escova elétrica

Escova de dente elétrica Oral-B. (Foto:Divulgação)

A escova elétrica realiza movimentos rotatórios, oscilatórios e microvibrações. Com essas funções, ela simula o ato de escovar os dentes manualmente. Existem diferentes modelos disponíveis no mercado, que funcionam à pilha ou de forma recarregável.

Nem sempre o uso da escova elétrica é vantajoso para os dentes. Este instrumento possui cerdas muito duras e em quantidade insuficiente para fazer a higiene bucal.

De acordo com os especialistas, a escova de dente elétrica pode causar abrasão do esmalte e machucar a gengiva. Contudo, ela limpa os dentes com mais facilidade e representa a melhor opção para pessoas com dificuldade para higiene bucal ou com menor destreza manual.

Entre os modelos de escova elétrica que podem ser encontrados à venda, vale ressaltar os produtos da Oral-B. A marca fabrica os aparelhos com tecnologias avançadas e deixa os dentes naturalmente brancos.

Características da escova sônica

Escova de dente sônica Philips. (Foto:Divulgação)

A escova sônica é considerada um modelo mais avançado da escova elétrica. Ela tem funções aprimoradas e conta com a capacidade de produzir 20 mil vibrações por minuto.

A grande vantagem da escova sônica com relação à elétrica é que ela diminui a força empregada durante a higiene bucal. O uso também permite desorganizar a placa bacteriana sem necessariamente fazer contato com a superfície dos dentes.

A Philips tem uma escova de dente sônica, que aposta numa ação de limpeza dinâmica para remover a sujeira dos dentes em pouco tempo. O aparelho conta com temporizador de dois minutos para garantir a escovagem ideal.

É importante tomar cuidado para não causar abrasão do esmalte ou machucar a gengiva. (Foto:Divulgação)

Como fazer a escovação correta dos dentes?

A escova de dente manual ainda é a principal escolha das pessoas. Ela deve ter o maior número de cerdas possíveis e ser ultramacia. Os dentistas recomendam trocá-la a cada três meses, assim os dentes ficam sempre limpos e saudáveis.

Confira a seguir o passo-a-passo para fazer uma escovação adequada dos dentes:

1. Escove a superfície externa dos dentes superiores e, em seguida, faça o mesmo com os dentes inferiores.

2. Escove a superfície interna dos dentes, tanto da arcada superior como da inferior.

3. Escove a superfície de mastigação (inferior e superior).

4. Por fim, escove a língua para evitar o acúmulo de bactérias que causam o mau hálito.

Observações importantes

– A escova de dente deve ser segurada em um ângulo de 45 graus.

– Os movimentos devem ser circulares e suaves.

– Antes de comprar uma escova de dente elétrica ou sônica, é recomendado conversar com o dentista e pedir uma recomendação.

Top