Você está em: MundoDasTribos > Bem Estar> Ervas e Temperos: Especiarias que Fazem a Diferença

Ervas e Temperos: Especiarias que Fazem a Diferença

Por Redacao

Muitas são as ervas e temperos: especiarias que fazem a diferença na culinária brasileira, elas dão um toque todo especial ao tempero dos alimentos, fazendo uma diferença notável. As ervas dão um sabor todo especial dando um toque final saboroso. Cara pessoa tem o seu segredinho na hora de usar as ervas e temperos.

Ervas e Temperos: Especiarias que Fazem a Diferença (Foto: Divulgação)
Ervas e Temperos: Especiarias que Fazem a Diferença (Foto: Divulgação)

Ervas e Temperos: Especiarias que Fazem a Diferença

Algumas ervas como: alecrim, cebolinha verde, coentro, endro, erva doce, estragão, manjericão, manjerona, orégano, sálvia, segurelha, e tantas outras, fazem do cardápio brasileiro, verdadeiros manjares dos deuses. As ervas e temperos: especiarias que fazem a diferença nos alimentos podem ser encontradas com facilidade nos supermercados ou em feiras de alimentos naturais.

Leia mais informações aqui: Ervas que todos deveriam ter em casa

Os temperos dão um toque especial aos alimentos (Foto: Divulgação)
Os temperos dão um toque especial aos alimentos (Foto: Divulgação)

Algumas especiarias

Dentro da categoria especiarias encontramos: açafrão, alho natural ou desidratado, anis estrelado, baunilha, bicarbonato de sódio, canela da china, cominho, cravo da índia, gengibre, louro e tantas outras, que por vez também são utilizadas em grande escala nos cardápios mais variados, causando um sabor diferenciado que é apreciado por muitos.

Ervas e temperos industrializados (Foto: Divulgação)
Ervas e temperos industrializados (Foto: Divulgação)

De onde se derivam as especiarias?

As especiarias são derivadas das raízes, casca, botões e frutos de várias plantas, bem como as ervas, que também são retiradas de inúmeras plantas. Todas estas conseguem manter as suas propriedades durante longos períodos de tempo, desde que fiquem bem armazenadas. Atualmente, muitos medicamentos são derivados das plantas, assim, incluí-las em sua dieta diária pode trazer benefícios à saúde alimentar. As ervas aromáticas e especiarias podem ajudar na digestão, contra infecções respiratórias, reumático e podem ajudar a melhorar o apetite, o sistema urinário e insônias.

Confira aqui também: Tipos de temperos com dicas para usar em receitas

Alecrin excelente tempero e é medicinal (Foto: Divulgação)
Alecrin excelente tempero e é medicinal (Foto: Divulgação)

Ervas aromáticas

Porém, como as ervas aromáticas e especiarias são consumidas em quantidades pequenas em relação a outros alimentos, o seu poder nutritivo numa base por refeição não pode ser deduzido como suficiente, pois, mesmo que muitas ervas tenham um alto teor de vitamina C, não chegam perto das necessidades diárias, com um ramo de salsa numa tigela de sopa, por exemplo. Dessa maneira, é preciso um equilíbrio entre os alimentos, e não apenas acreditar que consumir uma quantia de ervas será o suficiente contra as doenças. Isto quer dizer que ainda que excelentes, devem ser acompanhadas por outros alimentos com poderes nutritivos a dieta diária.

Não deixe de incluir esses ingredientes saudáveis e saborosos às suas receitas!

Recomendado para você
Bem Estar

Unha inflamada: o que fazer, como tratar

Bem Estar

Tinta térmica: como funciona, vantagens

Bem Estar

Site Parque da Xuxa- SP Telefone, Preços

Bem Estar

Ervas abortivas: perigos

Comentários

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *