Erros mais comuns na decoração

A decoração de qualquer ambiente deve ter, em primeiro lugar, características que estejam relacionadas com a personalidade das pessoas que nele vivem. Isso quer…

A decoração de qualquer ambiente deve ter, em primeiro lugar, características que estejam relacionadas com a personalidade das pessoas que nele vivem. Isso quer dizer que, quando alguém prefere decorar sua casa, sem a ajuda de ninguém, inevitavelmente esta pessoa acabará por escolher objetos, cores e móveis que realmente lhe agradem. Caso seja contratado um profissional, então este deverá criar uma decoração, de acordo com seus conhecimentos, mas também empregar detalhes que tenham a ver com a personalidade dos clientes. Para quaisquer dos casos, entretanto, existem coisas não ficam bonitas, por mais que os proprietários do imóvel queiram fazer. Os erros mais comuns de decoração são cometidos quando as pessoas não entendem muito bem sobre as combinações de cores, disposição de móveis e objetos, etc.

Um ambiente pequeno merece cores suaves, para que pareça maior (Foto: Divulgação)

Existem muitos erros de decoração. Alguns, no entanto, são mais recorrentes. Embora pareça bobagem, o resultado deles não é vantajoso para os ambientes, pois não contêm harmonia. Tudo, numa decoração, é uma questão visual, que visa o conforto do local. Por isso, é importante saber organizar salas, cozinhas, quartos e todos os outros cômodos da casa, pois isso irá proporcionar beleza e aconchego. Engana-se, porém, quem pensa que estas ideias se aplicam apenas a imóveis luxuosos, caros e enormes. Ambientes simples e pequenos também podem ser favorecidos, quando se evitam certos erros.

Escolha errada da tinta

A tinta escolhida para as paredes têm um papel muito importante na decoração. A sensação de bem estar está ligada, em grande parte, à pintura da casa. Há pessoas que preferem tons escuros e outras, cores mais suaves. Um dos erros mais comuns está na escolha errada da tinta. Ela deve ter harmonia com boa parte da decoração. Por exemplo, quando um ambiente é pequeno, não convém pintá-lo com cores escuras, pois isso irá fazer com que ele pareça ainda menor. As cores suaves têm o efeito contrário. Outro erro é pintar as paredes em tons vibrantes, com móveis também chamativos. O resultado é uma bagunça visual, que causa mal-estar.

Exemplos de como alinhar os quadros (Foto: Divulgação)

Quadros desalinhados

Este também é um erro bastante comum. A decoração com quadros exige um olhar atento à forma como estes são pregados à parede. Eles devem ser alinhados aos móveis e devem seguir uma medida na altura, como mostra a imagem, acima. O resultado visual não é nada agradável, quando estes objetos estão dispostos sem nenhuma padronização.

Leia Também:  Como aumentar a duração do esmalte escuro

Estampas que não combinam

Combinações erradas deixam qualquer ambiente bagunçado, visualmente (Foto: Divulgação)

Para finalizar os apontamentos, podemos falar sobre a combinação entre cortinas, tapetes e móveis. As estampas na decoração devem ser combinadas. Não é preciso, porém, que elas sejam exatamente iguais; contudo devem ter alguma harmonia em cores, no mínimo. Por exemplo, se o sofá tem uma estampa chamativa, é indicado optar por tapetes e cortinas em tons mais neutros e vice-versa. O importante é investir no equilíbrio.

Veja sugestões para parede: Parede da sala: como decorar, ideias, fotos

Confira ideias para o quarto: Quarto feminino: decoração, ideias

Top