Entenda como funcionará o bônus do novo Bolsa Família

Felipo Bellini 17/08/2021 Notícias

O governo tem como desejo acrescentar um bônus aos beneficiários do Bolsa Família e os valores serão variados conforme o que for arrecadado através de privatizações, além dos lucros que serão distribuídos pelas empresas. 

Esses pagamentos estarão fora do teto de gastos, por ser uma regra que limita despesas da União, visto que dependeria de uma grandeza no futuro. 

Como funcionará o bônus no novo Bolsa Família?

Há uma discussão pelo governo sobre como funcionará, e que 20% da receita ou transações de uma privatizada e venda de ativos tenha como destino o bônus aos beneficiários.

Com a venda dos Correios e Eletrobrás, os valores poderão ser engatados a esse fundo, por fim, haverá a inclusão da venda de imóveis e outros investimentos de empresas do governo.

Os valores do bônus do Bolsa Família podem aumentar, de acordo com o valor mensal de R$ 192,00 para R$ 250,00 ou R$ 300,00. O governo planeja aumentar o número de beneficiários para 17 milhões, e bolsas de mérito escolar poderão ocorrer, além de criarem um aplicativo próprio para verificar etapa por etapa do programa.

Entenda como funcionará o bônus do novo Bolsa Família

Fonte/Reprodução: gov.br

O que é o Auxílio Brasil?

O Auxílio Brasil será o novo programa que entrará no lugar do Bolsa Família e atenderá as famílias mais necessitadas, e oferecerá incentivos às crianças e adolescentes para que sigam seus sonhos, sem precisar deixar de estudar.

Os pagamentos serão superiores a 50% do que já é pago no Bolsa Família e a medida foi confirmada pelo então presidente, Jair Bolsonaro. 

Esses valores atuais de R$ 192,00 poderão chegar aos R$ 400,00, que só acontecerá caso seja aprovado, e o valor mínimo de R$ 300,00. É provável que os números de beneficiários cheguem a 17 milhões, de acordo com projeções do governo.

A inclusão dos benefícios Auxílio Esporte Escolar; Bolsa de Iniciação Científica Júnior; Inclusão Produtiva Rural; Inclusão Produtiva Urbana; Criança Cidadã e por fim o benefício compensatório de transição, serão somados ao valor recebido se cumprir com alguns requisitos obrigatórios.

Se algum beneficiário sair da zona de extrema pobreza e pobreza através do trabalho com salário fixo, permanecerá mais 24 meses na folha de pagamento do programa.

Aos que não quiserem mais fazer parte do Auxílio Brasil ou depois de 24 meses, poderão retornar com prioridade, sem filas, porém será necessário atender todos os requisitos exigidos.

Outros artigos

Filmes que chegam nas locadoras em Abril

03/04/2012

Filmes que chegam nas locadoras em Abril

O mês de abril está repleto de lançamentos para as locadoras, e dentre eles estão filmes bem aguardados pelo público como Missão Impossível 4, o emocionante Cavalo d...