Em baixa, Santos e Palmeiras tentam a reabilitação na Vila Belmiro

Palmeiras não perde do Santos há dois anos. Na Vila, são quatro jogos de invencibilidade alviverde

Em momentos conturbados no Brasileirão, Santos e Palmeiras fazem o clássico pela reabilitação, domingo, às 16h, na Vila Belmiro. E se for levado em consideração o retrospecto recente do duelo, o Verdão leva ampla vantagem: não é derrotado pelo rival há sete jogos. Neste período, o alviverde venceu cinco partidas e empatou duas. Três destas vitórias na própria Vila Belmiro, palco da partida de domingo.

Peixe cheio de desfalques

Com três derrotas consecutivas, o Santos empacou na 13ª colocação, com 35 pontos, e praticamente deu adeus às chances de conquistar o título brasileiro. Como já está garantido na próxima Copa Libertadores da América por ser o atual campeão, o restante do Brasileirão pode servir como preparação para a disputa do Mundial Interclubes da Fifa, que acontece em dezembro.

Para o clássico de domingo, o técnico Muricy Ramalho terá nada menos do que cinco desfalques. Edu Dracena e Arouca, suspensos, e Elano, lesionado, estão fora do jogo. Além do trio, o craque Neymar, que defende a Seleção Brasileira em amistosos internacionais, e Felipe Anderson, convocado para disputar os Jogos Pan-Americanos pelo Brasil, também desfalcam o Peixe. Com tantos desfalques, Muricy quebra a cabeça para escalar o time. A expectativa é que Bruno Rodrigo entre na zaga, Henrique no meio e Diogo mais à frente.

Assunção completa 90 jogos

Pelos lados do Verdão, que precisa desesperadamente dos três pontos para permanecer na briga por uma vaga na Copa Libertadores do ano que vem, o jogo será especial para o volante Marcos Assunção.

Diante do Santos, o volante completará 90 jogos com a camisa do Palmeiras. Neste ano, os números de Assunção impressionam. Dos 58 jogos do Palmeiras no ano, o camisa 20 disputou 52. Ele já deu 15 assistências diretas para gol e balançou as redes oito vezes.

Motivado pela marca, Assunção ainda acredita na conquista de uma vaga para a Libertadores. “Claro que existe motivação. Faltam 11 rodadas e são muitos pontos em jogo. A vaga na Libertadores é real, e para isso acontecer, precisamos ter cabeça boa e principalmente tranquilidade para atingir nossos objetivos”, disse ele em entrevista ao site oficial do clube.

No domingo, o técnico Luis Felipe Scolari não poderá contar com o lateral-direito Cicinho, o atacante Kléber e o goleiro Marcos, que se recuperam de lesão. Mas os problemas de Felipão não param por aí. Luan, suspenso, e Valdivia, servindo a Seleção Chilena, são desfalques certos no Verdão.

FICHA TÉCNICA

SANTOS X PALMEIRAS

Santos: Rafael; Danilo, Bruno Rodrigo, Durval e Léo; Adriano, Henrique e Ibson; Diogo, Alan Kardec e Borges. Técnico: Muricy Ramalho

Palmeiras: Deola; Márcio Araújo, Mauricio Ramos, Henrique e Gabriel Silva; Chico, Marcos Assunção, Pedro Carmona; Maikon Leite, Ricardo Bueno e Fernandão. Técnico: Luis Felipe Scolari

Árbitro: Guilherme Ceretta de Lima (SP)

Assistentes: Marcelo Carvalho Van Gasse (FIFA-SP) e Danilo Ricardo Simon Manis (SP)

Reply