Drenagem linfática nos ombros e braços

A drenagem linfática é um tipo de massagem que ficou popular há algum tempo e não saiu mais de moda. Isso porque, além de…

A drenagem linfática é um tipo de massagem que ficou popular há algum tempo e não saiu mais de moda

A drenagem linfática é um tipo de massagem que ficou popular há algum tempo e não saiu mais de moda. Isso porque, além de proporcionar resultados estéticos, ela também ajuda a promover saúde melhorando o funcionamento do sistema linfático, que está envolvido intimamente com o sistema circulatório.

O que a drenagem linfática proporciona

A linfa é um líquido transparente e levemente amarelado, que se forma à medida que fluido sai das arteríolas e vênulas. É drenado pelos vasos linfáticos e serve como meio do nosso organismo se livrar de detritos formados através dos processos metabólicos, microrganismos, restos celulares e excesso de líquido.

Quando alguma coisa não funciona como deveria, a linfa deixa de recolher os resíduos, que acabam se acumulando nos tecidos. Isso resulta em inchaço, dor, vermelhidão e aumento da temperatura local. A massagem, além de super relaxante,  desobstrui o sistema linfático e estimula a retomada da circulação da linfa, retornando o sistema ao seu curso normal.

A auto-massagem é uma opção para quem quer fazer a drenagem diariamente

Como é feita a drenagem linfática

É uma técnica de massagem, realizada a partir de movimentos circulares e espiralados. É preciso que o massagista siga um ritmo contínuo e sem exagerar na velocidade e força, uma vez que a linfa corre na superfície da pele. Por isso, não se deve acreditar na conversa de que a drenagem linfática deve provocar dor, porque não passa de um mito, a não ser em situações onde haja algum tipo de inflamação.

O objetivo da massagem é coletar a linfa presa entre as células, e faze-la voltar ao seu devido lugar, para que posteriormente seja eliminada.

Essa técnica permite tanto o uso de aparelhos como também a massagem exclusivamente manual. Nessa disputa, quem ganha vantagem é o ser humano, pois as condições, que incluem temperatura ideal, facilitam a mobilização da linfa.

Indicações

A drenagem linfática na região dos ombros e braços está indicada para:

  • Linfoedema (inchaço devido a retenção de linfa) após retirada das mamas;
  • Linfoedema primário ou secundário;
  • Problemas circulatórios;
  • Pré e pós-cirurgia plástica;
  • Pré e pós-lipoaspiração;
  • Edema durante gestação;
  • Artrites;
  • Gota;
  • Tendinites;
  • Diminuição de medidas;
  • Combate à flacidez.

Automassagem

A dica para mulheres que foram submetidas à mastectomia (cirurgia de retirada da mama) ou pessoas que apresentam qualquer tipo de linfoedema é fazer uso da automassagem diariamente, que nada mais é do que um resumo simplificado e fácil das principais manobras da drenagem linfática realizada por fisioterapeutas, que a pessoa pode fazer em si própria, todos os dias. Por ser diferente para cada pessoa e depender do motivo do edema a se prevenir, só pode ser indicada de forma individualizada.

A drenagem linfática trás muitos benefícios, então o jeito é não perder tempo e experimentar os ótimos resultados prometidos por essa técnica que, além de terapêutica, é extremamente relaxante.

Além de terapêutica, a drenagem linfática é extremamente relaxante

Top