Você está em: MundoDasTribos > Notícias > Serviços> Divórcio: como dar entrada

Divórcio: como dar entrada

Por Isah

Quando o casamento está ruim e sem chances de reconciliação, a melhor forma de resolver o problema é pedindo o divórcio.  Até pouco tempo atrás, solicitar a separação oficialmente era uma grande burocracia, mas a Justiça adotou medidas que simplificam o pedido.

O divórcio amigável é mais barato e rápido. (Foto:Divulgação)

Nova lei do divórcio

Em 2010, houve uma mudança da lei que permitiu o divórcio sem o cumprimento prévio da separação judicial. A nova medida facilitou o rompimento dos laços conjugais e eliminou uma das etapas do processo. Com menos trabalho para efetuar o divórcio, o Estado não interfere tanto nas vidas dos casais e os gastos para se divorciar são menores.

Saiba mais: Nova Lei Do Divórcio 2011 – Divórcio Direto

Como dar entrada no divórcio?

A pessoa que deseja se divorciar do seu companheiro (a) deve primeiramente contratar um advogado para estudar o caso e defender os interesses. O representante vai explicar para o seu cliente como funciona a separação e pedir os documentos necessários. No processo amigável, tudo é mais simples e o trabalho de um único advogado é suficiente para resolver a situação.

Para dar entrada no pedido de divórcio é necessário providenciar uma documentação, que inclui certidão de casamento, pacto pré-nupcial (se houver), certidão de nascimento dos filhos, comprovantes de imóveis e seus respectivos valores.

O primeiro passo para se divorciar é procurar um advogado. (Foto:Divulgação)

Se as partes concordam igualmente com a separação, depois de pelo menos um ano de casamento, o processo corre na Justiça com mais facilidade. Juntamente com o advogado, o casal entrará num acordo a respeito da partilha dos bens, visita aos filhos e pensão.

Depois de coletar todas as informações e documentos necessários, o advogado vai elaborar uma petição e encaminhá-la ao juiz. Se não houver nenhuma irregularidade ou impedimento, a aprovação do divórcio sai no mesmo dia.

Quando o pedido de separação não é amigável, é preciso providenciar documentos ou provas que atestem agressividade ou má conduta (se houver). O divórcio também pode ser dificultado simplesmente porque uma das partes não quer, sendo necessário recorrer à separação litigiosa. Neste caso, cada um possui o seu próprio advogado e a disputa acontece diante da presença do juiz.

Antes de assinar os papéis do divórcio, é necessário providenciar uma documentação. (Foto:Divulgação)

Algumas circunstâncias específicas facilitam o pedido de separação, mesmo se uma das partes não queira, como por exemplo, o abandono de lar, agressões físicas ou morais, alcoolismo e atividades criminosas. Nestas circunstâncias o processo do divórcio é mais demorado, mas o juiz costuma determinar antes a separação de corpos, pensão e guarda dos filhos.

A nova lei do divórcio ‘rápido’ só vale para o caso amigável. A separação litigiosa não é beneficiada pela medida, por isso ela pode levar anos para ser concluída.

Veja também: Casais brasileiros estão se separando mais

Recomendado para você
Serviços

Portal do Empreendedor, www.portaldoempreendedor.gov.br

Serviços

Atualizar Boleto Banco do Brasil (BB)

Serviços

Saiba como Atualizar Boleto HSBC

Serviços

Lojas Kabum Celulares

Comentários
  1. Jaches Max da Silva Rodrigues disse:

    Minha ex mulher me traiu, abandonou o lar, e engravidou de outro, com essas circunstancias o divorcio sai mais rápido?

  2. Quelcilene disse:

    quais documentos preciso para dar entrada no divorcio e seus valores?

  3. andrisa disse:

    quanto custa um divorçio amigavel

  4. vanuzia silva oliveira disse:

    gostaria de saber se eu não estiver com a certidão de nascimento do meu filho em mão posso da entrada no divorcio assim mesmo.

  5. itamar disse:

    eu quero devorsia como faso mais nao tem codisao de paga como devo faser

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *