Dispareunia: sintomas, causas e tratamento

☰ CONTEÚDO Compreendendo a dispareuniaQuando considerar dispareuniaEntenda os tipos de dispareuniaConheça as causas de dispareuniaTratamento Compreendendo a dispareunia A sensação de dor genital durante…

Por Editorial MDT em 20/04/2012

Fatores psicológicos podem estar ligados a manifestação da dispareunia.

Compreendendo a dispareunia

A sensação de dor genital durante o ato sexual recebe o nome de dispareunia. Ela pode ocorrer tanto em homens, quanto em mulheres. Porém, ela é mais prevalente entre os indivíduos do sexo feminino. A dor geralmente ocorre durante a reação sexual, mas pode ser sentida tanto antes, quanto depois do ato. A pessoa acometida pode afirmar que sente uma dor superficial ou, até mesmo, uma dor dita “profunda”. Em relação à intensidade, pode variar de um leve desconforto até uma forte dor aguda. O que resulta em graves transtornos sexuais.

Quando considerar dispareunia

Para que a dor durante a relação seja denominada dispareunia, ela deve provocar sofrimento nos indivíduos acometidos. Além disso, é necessário excluir outras causas como falta de lubrificação da vagina, contrações involuntárias do músculo da vagina ou outras patologias da região genital. Infelizmente o incômodo pode levar a pessoa a rejeitar o ato sexual, ocasionando cosequências graves no relacionamento. Assim, contribui também com a diminuição do desejo sexual, afetando ainda mais as inter-relações pessoais.

Entenda os tipos de dispareunia

É possível encontrar os seguintes tipos de dispareunia:

  • Primária: se manifesta desde a primeira relação ou tentativa do ato sexual;
  • Secundária: as relações sexuais eram normais, porém, após uma determinada época o desconforto teve início;
  • Situacional: o desconforto ocorre em determinadas situações e com determinados parceiros;
  • Generalizada: a mulher não consegue realizar o ato sexual sem que ocorra o desconforto.

A dispareunia pode afetar o relacionamento.

Conheça as causas de dispareunia

A dor durante a relação sexual pode acontecer devido a dois fatores: orgânicos ou psicológicos.

  • Fatores Orgânicos
    • Infecções genitais;
    • Doenças de pele que acometem a região genital;
    • Doenças sexualmente transmissíveis;
    • Doenças que acometem o ânus;
    • Infecção urinaria.
    • Fatores psicológicos
      • Dificuldade em compreender e aceitar a sexualidade;
      • Crenças religiosas;
      • Educação repressora;
      • Tabus e medos;
      • Falta de desejo;
      • Durante a gestação, medo de machucar o bebê;
      • Falta de informação;
      • Traumas infantis.

Como foi anteriormente citado, os homens também podem apresentar dispareunia. Quando o problema ocorre no sexo feminino a origem está relacionada a fatores como:

  • Fimose;
  • Doenças de pele na região genital;
  • Herpes genital;
  • Doenças do testículo;
  • Doenças da próstata.

Tratamento

É importante ressaltar que apenas um especialista terá condições de diagnosticar se uma pessoa é portadora ou não de dispareunia. Assim, antes de qualquer atitude, é preciso buscar uma orientação médica, pois a partir da abordagem clínica, será possível avaliar e classificar o tipo do problema. Além disso, será possível avaliar os fatores psicológicos, culminando na indicação de um acompanhamento multiprossional.

Diante de dor durante o ato sexual é preciso buscar orientação médica.

Muitas pessoas sofrem com a dor durante o ato sexual, em especial as mulheres. Assim, diante de um quadro como esse, é necessário buscar a orientação de um especialista para poder diagnosticar e seguir com o tratamento adequado.

Top