Dieta do DNA: Dieta personalizada

As mulheres estão sempre em busca de um corpo perfeito e para isso elas recorrem às dietas “milagrosas”. Atualmente homens de diversas idades também…

As mulheres estão sempre em busca de um corpo perfeito e para isso elas recorrem às dietas “milagrosas”. Atualmente homens de diversas idades também estão em busca de um corpo perfeito. No entanto existe a dieta do DNA: dieta personalizada que pode ajudar cada pessoa de forma ímpar a emagrecer com saúde.

Dieta do DNA: Dieta personalizada (Foto: Divulgação)

Dieta do DNA: Dieta personalizada (Foto: Divulgação)

Dieta do DNA: Dieta personalizada

Uma amiga sua lhe indica um dieta que ela fez e que deu ótimos resultados, você, que adora estar em forma, resolve seguir a mesma dieta, mas para sua infelicidade os resultados não são tão bons quanto foram para sua amiga, e você se pergunta: Porque não deu certo? Essa resposta pode estar em seu mapeamento genético. Para isso existe a dieta do DNA: dieta personalizada que é feita com exclusividade de acordo com cada organismo e o seu mapeamento genético.

Veja aqui também: Dieta do DNA: teste genético detecta dieta ideal para cada biótipo

Os alimentos são classificados de acordo com cada pessoa (Foto: Divulgação)

Os alimentos são classificados de acordo com cada pessoa (Foto: Divulgação)

Ciência da Nutrição

Você já ouviu falar em Nutrigenômica? Ela é a ciência que estuda a nutrição em conjuntos com os nossos genes, ela nos informa desde cedo quais são os alimentos que causam alergia ao organismo, ou os alimentos que insistimos em comer e que podem levar ao desenvolvimento de diferentes doenças, desde obesidade a câncer. Isso é uma revolução na área de regimes e dietas. Sabendo qual é o alimento que em conjunto com nossos genes proporciona emagrecimento o sucesso das dietas será mais fácil de ser alcançado.

Dieta personalizada ajuda no emagrecimento (Foto: Divulgação)

Dieta personalizada ajuda no emagrecimento (Foto: Divulgação)

Pesquisa da Genômica pode ser a solução

As pesquisas da Genômica Nutricional pode nos dar esperanças sobre a tão desejada dieta personalizada. Uma pesquisadora explica que com o mapeamento genético (DNA) associado aos novos conhecimentos científicos possibilitará formatar o perfil metabólico de cada pessoa, o que permite elaborar um plano alimentar de acordo com o metabolismo da pessoa, tornando cada tratamento nutricional mais eficaz.

Dieta do DNA permite elaborar um plano alimentar de acordo com o metabolismo da pessoa (Foto: Divulgação)

Dieta do DNA permite elaborar um plano alimentar de acordo com o metabolismo da pessoa (Foto: Divulgação)

Tipos de alimentos

Existem alimentos que interferem no genes, a clorofila que diminui as chances de câncer e estimula a produção de glóbulos vermelhos do sangue, frutas e verduras diminui as chances de câncer no estômago, próstata e pulmão, isoflavonas, presente em grãos como soja e ervilhas, protege contra a osteoporose e reduz risco de tumores relacionados a hormônios, como ovários, mamas e próstatas, nitratos e nitritos presentes nos alimentos salgados, mantidos em conservas ou defumados, relacionados a câncer no estômago, álcool e tabaco estão ligados ao câncer de boca etc.

Continuar Lendo  Dieta Alcalina

Leia mais informações aqui também: Dieta do DNA: Dieta personalizada

Existem alimentos que interferem no genes e facilitam a dieta (Foto: Divulgação)

Existem alimentos que interferem no genes e facilitam a dieta (Foto: Divulgação)

Dieta do DNA uma grande descoberta

Ainda é necessário mais pesquisas e estudos antes de a dieta do DNA ser utilizada em escala comercial, mas futuramente é provável que essa dieta proporcione um corpo desejado sem frustrações de resultados por causa de dietas fracassadas, com o desenvolvimento de uma dieta única e diferente para cada indivíduo, que atenderá as necessidades específicas de cada indivíduo, visto que cada um tem um organismo diferente e características genéticas diferentes. Enquanto isso, não se esqueça de praticar exercícios físicos, tão importantes para a saúde e boa forma do corpo. Dessa maneira, com essas descobertas, as pesquisas dos alimentos funcionais ficaram sem sentido, já que cada alimento traz uma resposta diferente para cada indivíduo. Quem pensou dessa maneira errou no raciocínio. Isso porque a nutrigenômica não vem com intuito de acabar com esse conhecimento e sim aperfeiçoá-lo.

 

 

Top