Dicas para usar o 13º salário sem preocupações

As dicas para usar o 13º salário sem preocupações são fundamentais para quem já está se preparando para as compras de natal, pois o…

As dicas para usar o 13º salário sem preocupações são fundamentais para quem já está se preparando para as compras de natal, pois o benefício costuma ser utilizado, por uma boa parcela dos trabalhadores, para adquirir os presentes.

Dicas para usar 13º salário sem preocupações (Foto: Divulgação)

Mas é preciso ter cautela para não gastar o 13º salário todo com os presentes de natal, já que após as festas de fim de ano, as contas de janeiro chegam com tudo, incluindo os gastos com o pagamento de impostos (IPTU, IPVA), material escolar, viagem de férias, etc.

Instituída por lei, a gratificação natalina, como também é conhecido o 13º, deve ser paga ao trabalhador em duas parcelas até o final do ano. A primeira delas deve ser quitada até o último dia útil de novembro, enquanto a segunda precisa ser paga até 20 de dezembro.

Como surgiu o décimo terceiro salário?

Dicas para comprar presentes mais baratos no natal

Dicas para usar o 13º salário sem preocupações

Uma das melhores recomendações é usar a grana extra para quitar as dívidas. Sobrando dinheiro, use-o nas compras dos presentes de natal, mas sem exageros (Foto: Divulgação)

Como é quase impossível não utilizar o 13º nas compras de natal, você deve se planejar para gastar de maneira consciente e controlada. Para tanto, comece determinando, com antecedência, um valor máximo para gastar com os presentes, e não ultrapasse esse limite.

Além disso, evite as compras por impulso e não deixe de pesquisar bastante os preços, mantendo sempre os gastos dentro do valor máximo estipulado. Outra das dicas para usar 13º salário é pechinchar, pois com o dinheiro para pagar à vista, você pode conseguir bons descontos e evitar dívidas com parcelamentos.

Leia Também:  Dicas para comprar bens penhorados

Caso tenha débitos vencidos, aproveite o dinheiro extra e use o 13º salário para pagar dívidas. Verifique também suas contas futuras (cartão de crédito, cheque especial, etc) e tente antecipar o pagamento de algumas delas, pois assim você pode ficar despreocupado.

E para passar um mês de janeiro mais tranquilo, também guarde uma parte do 13º para quitar as contas do início do ano, como impostos, matrícula escolar, etc. Normalmente, quem paga essas contas à vista consegue alguns descontos e economiza bem.

Sobrou dinheiro?

Planejando-se bem, dá até para sobrar um dinheirinho para investir (Foto: Divulgação)

Se você conseguiu comprar os presentes de natal, pagar as dívidas que possuía, quitar as contas de janeiro e ainda sobrou dinheiro, parabéns. Antes de gastar essa economia, confira outra das dicas para usar o 13º salário sem preocupações.

Caso tenha conseguido economizar uma parte do 13º, uma alternativa interessante é investir esse dinheiro extra, colocando-o, por exemplo, na poupança. Fazendo isso, você cria uma reserva para emergências ou pode usá-lo para compras futuras, entre diversas outras possibilidades.

Top