Desertos incríveis para viajar

Conhecer desertos faz parte do roteiro de milhares de pessoas que gostam de estar em contato com paisagens bem diferentes daquelas do dia a dia. Veja desertos incríveis para viajar. […]

Quem gosta de viajar é quem geralmente adora conhecer novos lugares, pessoas e culturas diferentes. Mas para sair um pouco dessa fórmula básica, tem muita gente que gosta de usufruir a natureza em suas diversas faces, como os desertos, por exemplo. Eles são verdadeiros espaços gigantescos perfeitos para quem busca uma beleza rara, um contato consigo mais profundo, uma meditação ou simplesmente uma vontade imensa de contemplar ou conhecer tal lugar.

Deserto do Saara é o maior do mundo e ocupa seis países 

A começar pelo maior do mundo, o deserto do Saara, que é do tamanho do nosso Brasil. Ele é tão grande que ocupa partes de diversos países, como Marrocos, Líbia, Argélia, Tunísia, Sudão e o Egito. São morros e areia para tudo quanto é lado ocupando um espaço de 8 milhões de Km². Os turistas devem atravessá-lo com roupas brancas e bem leves, as túnicas, e cobrir bem o rosto, embora as mulheres de lá usem burcas, aquelas vestimentas que cobrem todo o corpo, e pretas ainda por cima. No verão, a temperatura chega a 55ºC. O passeio mais legal fica por conta dos camelos, é claro.

Deserto do Atacama tem flores que fascinam os turistas

Outro bem fascinante é o Deserto do Atacama, no Chile. Ele é o mais seco do mundo, por mais que você tenha uma toalhinha para enxugar o suor, em 30 minutos é capaz de ela estar seca novamente. Mas o mais surpreendente lá é o céu eternamente azul, sem nuvens e pasmem, as flores no meio daquele clima hostil. Parece inacreditável, mas sim, isso existe lá e essa mescla de paisagens é perfeita para ser contemplada.

Patagônia: é possível praticar diversos esportes

Um pedacinho do mundo extremamente fascinante fica na Argentina e no Chile, que é a famosa Patagônia. Seu espaço é de 673 mil Km². É possível visitar o Parque Nacional da Terra do Fogo, composto por uma paisagem linda que mistura lagos e montanhas; também vale a pena conhecer o Parque Nacional Los Glaciares, com muito gelo e ainda praticar alguns esportes, como esqui, montanhismo, mergulho, pesca e outros. É uma possibilidade para quem nunca esteve em clima extremamente frio.

 

Top