Decoração para quem tem animal de estimação

O fato de ter um animal de estimação em casa pode influenciar na decoração. Desta forma, é importante buscar uma harmonia entre o visual…

Reserve um canto da casa para o seu pet.

O fato de ter um animal de estimação em casa pode influenciar na decoração. Desta forma, é importante buscar uma harmonia entre o visual da residência com o bem-estar do pet, que na maioria das vezes também faz parte da família.

A decoração que leva em conta a presença de um cachorro ou gato dentro de casa é simples e funcional. Não é possível ter muitos enfeites sensíveis ou objetos caros ilustrando os móveis, afinal, os animais de estimação podem acabar derrubando durante alguma brincadeira ou mesmo ao se deslocar no espaço.

Dicas para decorar a casa

Os pets costumam levar alegria para o lar, mas todo o cuidado é pouco para que eles não transformem a casa numa bagunça. Neste caso, peças decorativas que podem quebrar como vidro e porcelana devem ser evitados nos ambientes residenciais. A criação de um cachorro dentro de casa permite colocar os objetos frágeis numa prateleira bem alta, mas o mesmo não se aplica aos gatos, que costuma se deslocar pelos móveis.

Manter a limpeza é critério fundamental para quem tem um animal de estimação.

Ao ter um animal de estimação em casa, é muito importante estabelecer uma rotina de limpeza. Remover a sujeira do chão com aspirador e passar pano pela casa é uma forma de manter os cômodos livres de pelos. O pet criado dentro de casa requer mais higiene, por isso ensine-o usar tapete higiênico ou caixa de areia.

Lembre-se que, para o animal se sentir vontade, é importante reservar para ele um espaço com casinha e comida para descansar. Assim, ele consegue visualizar com mais facilidade o seu canto e não faz tanta bagunça nos demais ambientes.

A escolha dos têxteis que decoram a casa também precisa considerar a presença dos animais de estimação. Alguns tapetes e cortinas são confeccionados com tecidos mais delicados, como seda e veludo, que podem ser facilmente estragados pelos pets.

Ao comprar têxteis, prefira as peças mais resistentes confeccionadas com fibra sintética. Uma dica importante na hora de escolher o tapete é preferir um modelo com a cor aproximada ao pelo do animal, assim fica mais fácil disfarçar os fios espalhados principalmente na área de convívio.

Considere as necessidades dos bichos para planejar a decoração.

Cães e gatos necessitam de entretenimento, caso contrário vão acabar arranhando os estofados, destruindo fios de eletrônicos ou mordendo os pés dos móveis. É importante que os moradores deixem vários brinquedos à disposição dos pets, sendo que estes podem estar guardados em cestos ou caixas que combinam com o restante da decoração.

No caso do animal que vive dentro de casa, é recomendado manter o tapete higiênico ou caixa de areia longe da sala de estar e outros ambientes de convívio, caso contrário à recepção dos convidados se tona comprometida.

Aproveite as dicas e adapte a decoração a rotina do seu pet.

 

Top