Dê adeus às varizes

Para aqueles que costumam passar muito tempo em uma única posição, possuem tendência à obesidade, a uma vida totalmente sedentária e ainda fumam, as…

Por Editorial MDT em 03/10/2011

Para aqueles que costumam passar muito tempo em uma única posição, possuem tendência à obesidade, a uma vida totalmente sedentária e ainda fumam, as chances de ter varizes são muito altas. E ainda mais, quando há casos desse tipo na família, pois a hereditariedade colabora bastante para o surgimento do problema.

Cerca de um terço da população brasileira sofre com esse mal. Principalmente as mulheres, pois, um dos vilões, os hormônios femininos possuem certa deficiência em relacionar com as veias, outro é a pílula anticoncepcional, a qual induz a competência de coagulação do sangue.

Para combatê-las primeiramente é necessário identificar as varizes. Elas facilmente podem ser vistas, se forem volumosas causam um grande incomodo, inchando o tornozelo e irritando uma sensação de queimação ou peso na perna.

Numa fase mais avançada, há possibilidade de haver o endurecimento da veia e do advento de manchas na pele, podendo formar até feridas. Nos casos mais graves elas podem proporcionar uma solidificação do sangue, podendo gerar embolia de pulmão e graves problemas respiratórios, o que pode levar até a morte.

Existem vários tratamentos para este mal, os quais vão desde cirurgias até tratamentos caseiros. Confira abaixo cada um deles.

Tratamento cirúrgico e a laser

O tratamento cirúrgico poderá ser a laser ou convencional. Os dois, são muito eficientes e eliminam o problema. No entanto, a cirurgia a laser tem levado vantagens sobre o método convencional, pois além da rápida recuperação que este procedimento proporciona, podendo levar no máximo 2 dias, remove por inteiro as veias doentes.

Tratamento sem cirurgia

Conhecido como escleroterapia, o tratamento produz secagem das veias prejudicadas através de micro-agulhas, a qual faz que ocorra um endurecimento e assoreamento do direção sanguínea no lugar. Com essa obstrução, o sangue correrá por outras veias, sumindo com o aparência dos vasinhos.

É importante recorrer a um especialista em casos mais avançados, pois, somente ele poderá indicar o tratamento correto!

Top