Diferenças entre tristeza e depressão

Diferenças entre tristeza e depressão é bem clara, mas muitas não sabem e acabam confundindo as coisas!  A depressão afeta cerca de 340 milhões de pessoas…

Por Élida Santos em 14/09/2014

Diferenças entre tristeza e depressão é bem clara, mas muitas não sabem e acabam confundindo as coisas!  A depressão afeta cerca de 340 milhões de pessoas em todo o planeta, ou seja, uma em cada cinco pessoas em algum estágio da vida já tiveram ou terão alguma espécie de quadro depressivo. De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), essa vai se tornar a principal doença nos próximos vinte anos a nível mundial.

Diferenças entre tristeza e depressão (Foto: Divulgação)

Leia mais informações sobre: Famosos Que Tiveram Depressão

Diferenças entre tristeza e depressão

As diferenças entre tristeza e depressão parecem não estar muito claras para algumas pessoas. Por isso, vamos esclarecer alguns pontos sobre essa doença que afeta a mente:

Aprenda a identificar o que é tristeza e o que é depressão (Foto: Divulgação)

– O que é depressão?

A depressão é um distúrbio emocional, que, de acordo com informações do Código Internacional de Doenças (DSM-V), é caracterizada por tristeza profunda e baixa autoestima da pessoa, que pode ser desencadeada pelo estresse, jornada de trabalho muito extensa, assedio moral, problemas financeiros, cobrança pessoal, falta de emprego, frustrações, luto e também por causas biológicas.

A pessoa que sofre de depressão tem uma alteração química no cérebro, onde os neurotransmissores não são fabricados de modo satisfatório. Existem defeitos na serotonina, noradrenalina e dopamina, que são substâncias responsáveis pela transmissão de impulsos nervosos entre as células.

Existe uma grande diferença entre ficar triste e entrar em depressão (Foto: Divulgação)

Saiba mais informações sobre: Sintomas De Depressão Leve

Diferenças entre depressão e tristeza

Existe uma grande diferença entre tristeza e depressão. A tristeza pode acontecer de modo desencadeado por causa de algum fato do cotidiano nosso, onde a pessoa realmente sofre, sente uma dor na alma, mas que depois de um tempo aquilo passa.  Tristeza profunda pode durar até 30 dias, mais que isso é melhor procurar um psicólogo.

Já quem sofre de depressão acaba sentindo-se mal do nada. Algo pequeno acontece no seu dia a dia e é capaz de deixar essa pessoa para baixo por vários meses. E as pequenas frustrações diárias são acumuladas a ponto de fazer a pessoa ficar abatida, sem motivação, com vontade de dormir somente, de ficar sozinho o máximo que puder e sem a menor vontade de reagir e dar a volta por cima. Se sentir esse sintomas procure um médico para se cuidar.

Top