Cutículas: tirar ou manter?

É hábito feminino fazer as unhas, retirando as cutículas. Isso já vem de muito tempo. Certamente, todo mundo já ouviu por aí que isso…

É hábito feminino fazer as unhas, retirando as cutículas. Isso já vem de muito tempo. Certamente, todo mundo já ouviu por aí que isso não é saudável. Porém, é tão enraizado este costume, que fica difícil sentir-se satisfeita ao olhar para as mãos, vendo-as com aquela pele grossa, grudada nas unhas. Mesmo que o esmalte seja lindo e esteja muito bem passado, parece que o trabalho não tem a mesma beleza das unhas sem cutículas. As garotas, quando começam a ficar mais vaidosas e a fazer sua unha na manicure, já começam essa rotina de beleza com seus alicatinhos. Depois disso, é quase impossível abandonar esse vício. Contudo, temos visto os dermatologistas alertarem as mulheres dos riscos envolvidos neste hábito. Porém, muitos pensam que isso é algo inofensivo. Afinal, deve-se tirar ou manter as cutículas? Os médicos afirmam que devemos mantê-las.

O hábito de tirar as cutículas é muito enraizado, mas não é saudável (Foto: Divulgação)

Por que manter as cutículas?

De um modo simples de se entender, existe uma pequena região, nos dedos, que é onde as unhas nascem, formam-se. Este lugarzinho é chamado matriz ungueal. As cutículas são uma extensão da camada externa de pele e ela se prolonga, até chegar em cima desta matriz, ultrapassando-a um pouco e cobrindo uma pequena área das unhas. Elas existem, portanto, para proteger a região onde a unha se origina. Quando uma pessoa decide tirar as cutículas, a matriz ungueal passa a ficar desprotegida. É neste momento que as bactérias e outros seres microscópicos tornam-se um risco. Com isso, as unhas podem ficar deformadas, manchadas, podem descamar e quebrar, caso esta matriz seja infectada.

As cutículas protegem a matriz das unhas (Foto: Divulgação)

Não somente o risco de infecção pode ser o resultado da remoção de cutículas. O atrito do alicate também prejudica as unhas, tornando-as manchadas e enfraquecidas. Portanto, por mais inofensivo que possa parecer, o hábito de retirar esta fina e delicada pele das unhas traz riscos à saúde das mãos.

Leia Também:  Linha de Esmaltes Risqué Metalizados, Onde Comprar

Como reduzir as cutículas

Empurrar levemente as cutículas com palito pode ser uma solução (Foto: Divulgação)

Agora que você já sabe que, realmente, não é nada bom retirar cutículas, deve estar pensando no que irá fazer, para que suas unhas continuem belas. A solução é manter as cutículas, porém fazendo uso de produtos que agem em sua redução. Existem cremes, com substâncias específicas, que diminuem o seu tamanho. Isso melhora o aspecto das unhas. Por outro lado, quem não suporta ficar com essa pele, grudada nos dedos, pode empurrá-la, com um palito. Esse empurrãozinho deve ser suave; não se pode exagerar e ferir a pele. A última dica para que as unhas estejam sempre belas e o aspecto das cutículas fique melhor é hidratá-las, todos os dias. Isso faz com que a pele fique mais fininha e delicada, aparecendo menos.

Veja quais produtos usar: Produtos para cuidar das cutículas: dicas

Inflamou? Saiba o que fazer: Inflamação da cutícula: o que fazer

 

Top