Curso Superior de Paisagismo

O profissional de paisagismo pode ser formado em nível superior, com a graduação feita pelo curso de arquitetura, que tem em sua disciplina um…

O profissional de paisagismo pode ser formado em nível superior, com a graduação feita pelo curso de arquitetura, que tem em sua disciplina um desdobramento para a área de paisagismo, variando a abordagem conforme a instituição de ensino. O título conquistado ao final do curso é de arquiteto paisagista.

Sua função principal envolve a arte e a técnica de promover um projeto, com o planejamento, gestão e preservação de espaços livres, urbanos ou não, de forma a criar novas paisagens em diversos ambientes. É também sua função recuperar áreas devastadas e trazer de volta para a população reservas naturais.

No mundo atual, onde a preservação do meio ambiente e o respeito ao verde e às áreas naturais são ordem do dia, nada mais bem-vindo do que um profissional que tem por missão justamente proporcionar o convívio com agradáveis áreas paisagísticas. Trata-se de uma atividade bem conceituada e com forte demanda de mercado.

Em sua atuação no mercado de trabalho, o paisagista deve conhecer bem o cliente para o qual vai trabalhar e entender o que ele deseja, observando suas necessidades funcionais, psicológicas, gostos e estilos. Também deve ser feito um levantamento sobre as características da natureza no local e outros elementos que podem influenciar no projeto.

Na fase de anteprojeto, é apresentado ao cliente a proposta de layout do projeto e aqui devem ser feitos os ajustes de detalhes que o cliente não aprove na sugestão do profissional.

Após a aprovação do projeto, passa-se a sua execução detalhada, por meio de plantas, elevações e detalhes em perspectivas, além de um memorial de manutenção da área paisagística criada, com informações sobre a época da adubação, poda e tratamento do solo.

A profissão de paisagista é atrativa e sua procura tem crescido, em consequência da aceleração do crescimento econômico do país e o desenvolvimento de diversas regiões. Diversas faculdades oferecem bons cursos na área, entre elas a Anhembi Morumbi, Unip, USP, Mackenzie e PUC-Campinas.

Leia Também:  Escolas técnicas em SP

São várias as disciplinas que compõem a grade curricular e ao contrário do que muita gente pensa, e também ao contrário do que acontece com o curso de Engenharia Civil, a base do curso de arquitetura/paisagismo é o desenho e não a matemática, tanto do ponto de vista artístico quanto do ponto de vista técnico.

Em uma primeira etapa do curso, o aluno irá aprender bastante sobre história da arquitetura, conhecendo diversas escolas arquitetônicas. Depois, em uma segunda etapa, além do aumento do foco em engenharia, o aluno terá seus primeiros contatos com os sistemas de projetos de estrutura da classe CAD (desenho tridimensional de estruturas no computador). Numa terceira etapa, entram em cena as matérias práticas de arquitetura. Já nos últimos semestres, o estudante terá contato com matérias que vão oferecer uma visão mais global de arquitetura e planejamento urbano.

Confira algumas disciplinas do curso:

Topografia

Sistemas Construtivos

Projeto Arquitetônico

Projeto de Urbanismo

Projeto Paisagístico

Geometria Construtiva

Conforto Térmico Ambiental

Sistemas Estruturais em Concreto Armado

Sistemas Estruturais em Aço

História da Arquitetura e Urbanismo

Infraestrutura Urbana

Conforto Sonoro

Estética e História da Arte

Materiais de Construção – Teoria

Materiais de Construção – Experimental

O curso dura em torno de 5 anos e é importante ter em mente que o salario irá variar de acordo com a experiência do profissional e região em que ele trabalha.  Quanto mais bem conceituado o paisagista, mais requisitado e bem pago será.

 

 

 

 

Top