Curiosidades sobre o papa Francisco I

O Jorge Mario Bergoglio, de 76 anos, agora é o Papa Francisco. O argentino foi o escolhido no conclave que aconteceu entre o dia…

Por Élida Santos em 15/03/2013

O Jorge Mario Bergoglio, de 76 anos, agora é o Papa Francisco. O argentino foi o escolhido no conclave que aconteceu entre o dia 12 e 13 de março como o sucessor de Bento XVI à frente da Igreja Católica Apostólica Romana, depois de uma disputa onde haviam 115 cardeais no Vaticano. Ele é o primeiro pontífice latino-americano no cargo, o primeiro jesuíta e o pioneiro na escolha do nome para o seu pontificado.

Leia mais sobre: Quem é Jorge Bergoglio, O Papa Francisco I

 

Francisco foi eleito novo Papa no dia 13 de março (Foto: Divulgou)

Novo Papa deve ser chamado como Francisco

A primeira curiosidade com relação ao novo Papa é o seu nome. Por ser o primeiro a chamar-se Francisco o Vaticano fez confusão anuncia-lo como Francisco I. Agora foi esclarecido que o pontífice Francisco não leva o número I, porque não existe um Papa Francisco II. Se em algum momento da história da Igreja houver um Francisco II ou Francisco III e assim sucessivamente, Jorge Mario Bergoglio será históricamente Francisco I.
O mesmo aconteceu com o Papa João Paulo, que quando foi sucedido por João Paulo II passou a ser chamado João Paulo I.

Papa lembra João Paulo II (Foto: Divulgação)

Motivos pelo qual Jorge Mario Bergoglio escolheu Francisco

O cardeal americano Timothy Dolan esclareceu nessa quinta-feira, 14 de março, que o novo pontífice escolheu o nome de Francisco em homenagem a São Francisco de Assis por sua simplicidade e dedicação aos pobres. Especialistas afirmam que Francisco é um nome de muita responsabilidade, justamente pelo o que representa São Francisco de Assis.

Saiba mais sobre: Jorge Bergoglio é o novo Papa

 

Post no Twitter mostra que Francisco I seria eleito (Foto: Divulgação)

Jovem da Espanha anuncia Papa Francisco I em seu Twitter em fevereiro

Até ontem tinha passado despercebido um post publicado em uma página do Twitter. No dia 11 de fevereiro, data em que Bento XVI declarou que iria renunciar oficialmente ao cargo de Papa no dia 28 desse mesmo mês, a espanhola Yolanda de Mena publicou que seu namorado havia sonhado com novo Papa. “Meu namorado acordou à 4h dizendo que havia sonhado com um novo papa chamado Francisco I. E hoje Bento (XVI) renuncia”.

Um post publicado no Twitter em 11 de fevereiro, dia da renúncia de Bento XVI, passou despercebido. Naquele momento. Um mês depois, o tweet postado pela espanhola Yolanda de Mena voltou à tona, com grande repercussão. O post já foi reproduzido em outras páginas do Twitter por mais de 54 mil perfis e repercute nas Américas e na Europa, incluindo Roma.

Top