Cuidados para não Sermos Vítimas de Cibercrime

Com a Internet é possível fazer compras ou operações bancárias sem sair de casa, entre muitas outras coisas. Porém, acontece que podemos não perceber o quanto estamos expostos em relação a segurança, pois podemos ser vítimas de roubo de dados pessoais ou financeiros e invasões que podem usar nossos PCs como distribuidores de spam.

Segundo o Cetic.br (Centro de Estudos sobre as Tecnologias da Informação e da Comunicação), no ano de 2007, 29% dos internautas brasileiros disseram ter encontrado problemas de segurança na rede.

Muitas vezes as pessoas nem percebem que estão sendo vítimas de cibercrime.

Senha do e-mail, senha do sistema, senha para mensagens instantâneas, senha para a outra conta de e-mail, senha para cadastros em milhares de sites. Estamos sempre digitando senhas, ficando fácil se descuidar das muitas combinações de números e letras. Com isso, alguém pode conseguir o acesso a todos os documentos, fotos e informações pessoais que ficam armazenadas no computador.

Segundo a McAffee, em abril o Brasil ficou em segundo lugar entre os países que mais recebem spam.
O ideal seria utilizar um filtro anti-spam.

Fique atento também quando o spam tiver links que levam a pessoa a páginas da web. Essa atitude é conhecida como Phishing (do inglês “fishing”, ou pescaria), permite que seja instalado no computador do usuário um software malicioso (chamado de malware) para “pescar” senhas e dados bancários do usuário.

Conseguindo as senhas, o cibercriminoso poderá transferir dinheiro para sua conta e utilizar o seu cartão.

Cuidados que devemos ter para não sermos vítimas de cibercrime:

Mantenha o sistema de proteção do computador atualizado, evitando assim que os cibercriminosos ivandam e copiem dados do seu PC.

Não acesse páginas duvidosas que contenham senhas/seriais.

Tenha sempre um bom anti-malware.

Não clique em links recebidos por e-mail, MSN, Orkut, etc.

Cuidado com spams que despertam curiosidade. Apague-o sem abri-lo.

Fique atento a qualquer e-mail ou mensagem, mesmo de amigos, e não abra anexos ou clique em links suspeitos.

Artigos Relacionados

Artigos Relacionados

No Responses - Add Comment

Reply