Cuidados ao tomar shakes para emagrecer

Conquistar o corpo perfeito é o sonho de homens e mulheres, mas fica complicado reduzir as medidas sem adotar uma dieta apropriada. Ao diminuir…

O shake não é a solução mais saudável para emagrecer.

Conquistar o corpo perfeito é o sonho de homens e mulheres, mas fica complicado reduzir as medidas sem adotar uma dieta apropriada. Ao diminuir o consumo de alimentos calóricos e gordurosos, o indivíduo tem a chance de visualizar a sua perda de peso, sobretudo quando ele acrescenta shakes para emagrecer na sua rotina.

No entanto, os especialistas da saúde alertam que substituir as refeições por shakes pode ser uma atitude perigosa. Segundo pesquisas, existem produtos que não possuem propriedades o suficiente para manter o equilíbrio nutricional do organismo, o que acaba desencadeando problemas de saúde.

No mercado é possível encontrar várias marcas de shakes para emagrecer, disponíveis em todos os tipos de sabores para não desagradar o paladar. No entanto, nem todos os produtos possuem o registro da Anvisa ou cumprem com a promessa descrita na embalagem. Estas deficiências colocam em jogo a qualidade de cada composição preparada para perder peso.

Uma pesquisa realizada pela Associação Brasileira de Defesa do Consumidor reprovou a qualidade nutricional dos shakes de cinco marcas diferentes. De acordo com a entidade, a quantidade de proteína, carboidrato e gordura está fora dos padrões sugeridos pelos fabricantes.

Na análise, os shakes emagrecedores reprovados pertencem às marcas Bio Slim, Diet Shake, Diet Way, Herbalife e In Natura.

Cuidados com a escolha do shake

Há marcas de shakes emagrecedores que não possuem equilíbrio nutricional.

O shake possui menos calorias do que uma refeição normal, porém nem sempre ele satisfaz as necessidades nutricionais do corpo. Os médicos alertam ainda que as substituições não devem acontecer o tempo todo, muito pelo contrário. O ideal é que o consumo do shake seja feito no máximo quatro vezes por semana.

Apesar do consumo de shakes significar a ingestão de poucas calorias, isto não é totalmente benéfico para a dieta. Na verdade o corpo precisa se energia para se manter vivo e realizar as funções normalmente. Com o índice calórico baixo, o organismo acaba adotando um sistema de economia de energia ineficiente.

Entre os danos causados por uma dieta defasada vale ressaltar a desnutrição, os problemas hepáticos, a osteoporose e até mesmo alguns tipos de câncer. Para não correr o risco de ficar doente, é essencial consultar um nutricionista e conhecer a melhor forma de acrescentar o shake à alimentação sem afetar o organismo. O cardápio de uma dieta realmente saudável inclui todos os tipos de alimentos, em quantidades balanceadas, para equilibrar os valores nutricionais do corpo. Assim, a bebida ‘emagrecedora’ atua apenas de forma complementar.

A perda de peso não pode interferir na busca por um corpo saudável.

Tenha o acompanhamento nutricionista e não coloque a saúde em risco.

 


Top