Crianças na praia: cuidados com a pele

O verão chegou e com ele dias mais longos e ensolarados. Esse grande cenário de prazer, combinado com as férias das crianças, é ideal…

Por Editorial MDT em 07/01/2013

O verão chegou e com ele dias mais longos e ensolarados. Esse grande cenário de prazer, combinado com as férias das crianças, é ideal para proporcionar lazer aos pequenos antes do início das aulas. No entanto, o excesso de Sol pode causar alguns problemas. Tendo isso em vista, conheça alguns cuidados que devem existir com a pele das crianças na praia.

Conheça alguns cuidados com a pele no verão.

Conheça alguns cuidados que devem existir com a pele das crianças na praia. (Foto: divulgação)

A pele das crianças é muito sensível

Apesar da pele das crianças possuírem a mesma estrutura do que a dos adultos, ela é muito mais sensível. Além disso, durante o primeiro ano a produção de melanina (substância que absorve a luz e protege da ação da radiação) não é plena. Assim, é contraindicado que os bebês menores de um ano sejam expostos a radiação solar. Caso isso aconteça, podem surgir algumas manifestações na pele dos pequenos, incluindo brotoejas e queimaduras solares.

A proteção é primordial

Crianças com idade inferior a 6 meses, devem evitar o uso de filtros solares. Devido a isso, é muito importante que o bebê mantenha-se protegido através do uso de chapéus ou bonés que consigam cobrir toda a região da face, orelhas e nuca. Além disso, deve-se utilizar roupas com tecidos leves, pouco cavadas e que colaborem com a barragem da radiação solar.

O uso do protetor solar é essencial (Foto: divulgação)

A conscientização inicia-se na infância

A conscientização da fotoproteção deve ser iniciada na infância, criando-se um hábito que vale para toda a vida. Isso porque vale ressaltar que os efeitos da radiação ultravioleta são cumulativos e irreversíveis. Assim, é muito importante que os pais foque na proteção e evitem, sempre que possível, o excesso a exposição solar, de modo a evitar futuras e graves consequências.

Abuse do protetor solar

Como foi demonstrado anteriormente, o uso do protetor solar é indispensável. Assim, na hora de realizar da aplicação é ideal utilizar uma camada generosa do produto. Após a aplicação, recomenda-se aguardar cerca de 20 minutos antes de expor as crianças ao Sol. Vale ressaltar que a reaplicação do produto deve acontecer a cada duas ou três horas, independente da criança ter entrado na água ou não.

A proteção deve existir em qualquer lugar

Após escolher o destino das férias, é importante lembrar que a fotoproteção deve ocorrer na cidade, na praia ou no campo. Vale ressaltar que o uso do filtro solar deve ocorrer mesmo durante os dias nublados, pois as nuvens são capazes de filtrar apenas 10% da radiação. Além disso, os óculos escuros, o guarda-sol e os chapéus devem fazer parte da bagagem.

A pele dos bebês menores de um ano é muito sensível. (Foto: divulgação)

Um dos destinos mais escolhidos durante o verão é a praia. No entanto, ao levar as crianças para curtir os dias ensolarados é ideal que os pais tomem alguns cuidados. Após conhecer os cuidados com a pele das crianças na praia, basta seguí-las e usufruir dos dias de Sol.

Conheça alguns cuidados necessários com o bebê na praia.

Top