Corinthians vence Al Ahly e garante vaga na final do Mundial

Para quem achou que a vitória corintiana seria fácil, o jogo dessa manhã surpreendeu. O Al Ahly, time do Egito que enfrentou o Corinthians…

Para quem achou que a vitória corintiana seria fácil, o jogo dessa manhã surpreendeu. O Al Ahly, time do Egito que enfrentou o Corinthians na semifinal do Mundial de Clubes não foi o grande problema do Timão. O primeiro tempo foi marcado pela superioridade da equipe paulista, que pressionou e, inclusive, conseguiu abrir o placar aos 30 minutos da primeira etapa com um gol de Guerreiro, que foi originado por um cruzamento de Douglas.

Leia mais sobre: Corinthians Campeão Libertadores 2012 – Invicto

 

Corinthians vence Al Ahly de forma dramática (Foto: Divulgação)

O jogo ficou com “cara de goleada”, o Corinthians passou a jogar com mais tranquilidade, sem ter mais o peso da ansiedade de estreia. O Al Ahly, que até então estava recuado sentiu a necessidade de ir para cima do adversário e buscar o empate que os levariam para a decisão nos pênaltis. Passaram os 10 minutos finais do primeiro tempo e nada mudou: Corinthians 1 e Al Ahly 0.

Mudança de postura do Al Ahly no segundo tempo

Como era de se esperar o time do Egito que joga com uma braçadeira preta como forma de luto pela morte recente de torcedores durante uma partida deles, mudou o modo de jogar e começou a pressionar o Corinthians. Foi aí que começou a dificuldade do Timão. Mas vitória fácil não é com o time paulista, que sempre tem que vencer muitos desafios para conseguir chegar aonde almeja.

Saiba mais sobre: Uniforme do Corinthians 2012-2013

A um passo da fina d Mundial de Clubes os corintianos começaram a passar por momentos de nervosismo. O Al Ahly passou a sair para o jogo e a oferece perigo. Chutes de dentro e de fora da área (especialidade do time egípcio) começaram a ser disparados contra o gol do Corinthians. O Timão ficou tão acuado quanto a sua torcida e o Al Ahly parecia gostar do jogo.

Guerrero marca o gol da vitória (Foto: Divulgação)

Substituições para garantir o Corinthians na final do Mundial

Romarinho e Jorge Henrique passaram a integrar a equipe no lugar, respectivamente, de Emerson e Douglas. No entanto, não fizeram a “correria” esperada pelos torcedores e gol que “mataria” o jogo, pois Tite queria o time mais defensivo. E assim terminou o  jogo: Corinthians na final do Mundial de Clubes jogando na defesa e Al Ahly fora da decisão mesmo fazendo pressão até o último segundo.

Reveja o gol do Guerrero!






Top