Como reduzir valor do IPTU

Como reduzir o valor do IPTU? Para responder essa pergunta separamos algumas dicas importantes e para começar, precisamos entender o que é imposto. O…

Como reduzir o valor do IPTU? Para responder essa pergunta separamos algumas dicas importantes e para começar, precisamos entender o que é imposto. O IPTU (Imposto sobre a Propriedade Predial e Territorial Urbana) é uma taxa que os proprietários de imóveis precisam pagar anualmente em diferentes regiões do país. O cálculo deste imposto imobiliário é elaborado com base nas condições e na localização da propriedade.

Como reduzir valor do IPTU (Foto: Exame/Abril)

Como reduzir valor do IPTU (Foto: Exame/Abril)

Como reduzir valor do IPTU

Se você quer saber como reduzir o valor do IPTU, então confira as dicas que separamos aqui. Afinal, economia é sempre bem-vinda, inclusive e mais ainda nos impostos.

Leia mais informações sobre: IPTU 2016: consulta, boleto, parcelamento do IPTU

IPTU em São Paulo

Na cidade de São Paulo, as pessoas que possuem imóveis avaliados em mais de 70 mil reais são obrigadas a pagar o IPTU. No entanto, antes de arcar com o tributo, o proprietário deve avaliar se o valor da casa ou apartamento é condizente com as características estruturais e com a região onde está localizado.

Desconto é bem-vindo no orçamento (Foto: Exame/Abril)

Desconto é bem-vindo no orçamento (Foto: Exame/Abril)

A prefeitura de cada cidade define como será realizada a cobrança do IPTU. A isenção deste imposto pode acontecer em casos de terrenos ou imóveis com pequenas dimensões ou valores baixos.

Não paguei o IPTU: o que acontece?

Se o proprietário de um imóvel não pagar o IPTU, ele fica com o nome sujo na praça e pode ter os seus bens confiscados. Caso o carnê para o pagamento do tributo não chegue ao endereço, é necessário solicitar uma segunda via.

Leia Também:  IPTU 2016 - Preços, datas

Quem mora de aluguel costuma se sentir preocupado com o pagamento do IPTU, mas esta não é uma obrigação do inquilino. De acordo com a lei, o dono do imóvel deve arcar com o tributo, mas se a responsabilidade for transferida para o locatário através do contrato, então a situação muda de figura e o inquilino precisa cumprir o compromisso de pagar o imposto.

Duas dicas para reduzir o valor do IPTU

Cada cidade tem seu valor (Foto: Exame/Abril)

Cada cidade tem seu valor (Foto: Exame/Abril)

Pagamento à vista
Normalmente o IPTU é uma contribuição que pesa no orçamento familiar e compromete boa parte do orçamento. Para não passar dificuldades financeiras e nem pagar mais caro pelo imposto, vale a pena guardar dinheiro durante o ano todo para quitar o IPTU em única vez, sem prolongar a dívida com parcelas. Quando o pagamento do tributo é realizado à vista, o desconto pode chegar a 20%.

IPTU mais barato com nota fiscal
Existem outras formas de reduzir o valor do IPTU, como é o caso do uso de créditos do Programa Nota Fiscal Paulista. Se o proprietário do imóvel desejar pagar menos imposto, ele pode transferir o valor acumulado e abater até 100% do valor do tributo. O abatimento do IPTU 2013 pode ser feito com créditos acumulados até o dia 31 de outubro.

Os créditos do Programa Nota Fiscal Paulista são gerados através da emissão de notas em estabelecimentos que prestam serviços, como oficina mecânica, academia, escola, construtora, faculdade, entre outros.

Os paulistanos que desejam contar com descontos no IPTU 2016 ou 2017 através do programa de nota fiscal da cidade de São Paulo devem direcionar os créditos até o dia 30 de novembro. Para mais informações, acesse o site Nota Fiscal Paulista.

Leia Também:  Leilões de Motos Apreendidas em SP

Leia mais informações sobre: Isenção de IPTU: como funciona

Quem quiser pode economizar de duas formas na hora de pagar o IPTU (Foto: Exame/Abril)

Quem quiser pode economizar de duas formas na hora de pagar o IPTU (Foto: Exame/Abril)

IPTU pode sair de graça para idosos

O IPTU pode sair de graça para idosos que moram em alguns municípios. Infelizmente, não é toda cidade que tem esse programa e você deve procurar a prefeitura da sua cidade e verificar se ela tem este programa. Mas para conseguir essa gratuidade, você precisa ter mais de 60 anos e ter um único imóvel na cidade. Outros requisitos podem variar de acordo com a cidade. Portanto, confira se tem esse benefício e conquiste-o. O processo de isenção não é demorado.

Quer mais dicas sobre economia e direito? Então confira nossos outros artigos sobre este e vários outros temas, fique bem informado (a) aqui no Mundo das Tribos!!!

Top