sexta-feira, 30 de setembro de 2022 - 30/09/2022 12:04:05
MundodasTribos

O Brasil tem tentado se preparar para sediar o maior evento esportivo de todo o mundo: A Copa do Mundo em 2014 a qual é muito aguardada pelos brasileiros (após 50 anos de espera). O momento é de total ansiedade por 2014!

Bem sabemos que muitas melhoras significativas nas Cidades Sedes foram prometidas pelos governos para que o evento deixe um bom legado ao país. Áreas como o sistema de transporte público, modernização, expansão dos aeroportos, hotelaria e segurança são os principais alvos de toda essa transformação.

Estamos a pouco mais de três anos do início da Copa no Brasil, mas uma preocupação é evidente entre os brasileiros: Será que haverá tempo para construir tudo o que a FIFA exige e o que foi prometido? Embora os governantes afirmem que tudo ocorrerá sem maiores problemas, alguns atrasos ainda preocupam algumas cidades devido as grandes obras necessárias e o pouco tempo disponível.

Tratando-se de infraestrutura, algumas obras (na maior parte das cidades) certamente sofrem atraso pelo fato de que o país não oferece uma estrutura de primeiro mundo. São Paulo é um bom exemplo de que a infraestrutura do país atualmente não possui condições de sediar uma Copa do Mundo. Por isso, pelo ritmo lento das obras é possível dizer que nem tudo o que foi prometido será de fato cumprido. Mesmo assim, cidades como Recife, Porto Alegre, Rio de Janeiro, Cuiabá e Belo Horizonte estão entre as que seguem o cronograma exigido pela FIFA para construção/reforma dos estádios e estruturação das cidades.

Quanto aos estádios, grande parte das sedes está com as obras em dia. Na cidade de Belo Horizonte, por exemplo, o estádio do Mineirão continua sendo a obra de reforma mais adiantada dentre todas. Já as obras do estádio do Atlético Paranaense (que também sediará os jogos) é a mais adiantada pois representa 75% dos serviços concluídos, mas isso porque antes mesmo do Brasil ser anunciado como sede da próxima Copa ele já havia sido modernizado.

O Estádio Mineiro é um dos concorrentes a sediar a abertura da Copa. Ele terá capacidade para 69 mil lugares e seu custo total foi orçado em R$ 666,3 milhões. O problema maior é que em BH as vagas em hotelaria ainda são bem menores que o exigido pela FIFA, problema este que deverá ser solucionado nos próximos anos.

Em Pernambuco, a Arena Pernambuco será um estádio totalmente construído e segue dentro do prazo previsto. O Governo Estadual vem investindo em termos de transporte e outras áreas na cidade do Recife e São Lourenço da Mata (onde a Arena está sendo erguida). Recentemente, o Governo anunciou grandes pacotes de obras que visam melhorar o transporte público na capital. Além disso, Recife apresenta uma enorme vantagem no sistema de hotelaria por ser uma cidade que recebe um número cada vez crescente de turistas durante todo o ano. E outro: A cidade possui um dos aeroportos mais modernos da América Latina. Salientamos que a construção da Arena Pernambuco está orçada em R$ 465 milhões e terá capacidade para 46 mil lugares.

Duas cidades causam preocupação quanto à organização do evento: Natal – RN e São Paulo – SP, pois ainda sequer não começaram a construir seus estádios. Natal encerrou sua licitação em março deste ano e deve iniciar as obras brevemente. No entanto, a questão do transporte público, aeroportos e outros fatores preocupam o Ministério dos Esportes; houve até especulações de que a capital do RN poderia até mesmo perder sua sede por conta de atrasos. Se tudo correr bem, a cidade conseguirá se adequar ao cronograma exigido. Já São Paulo é a que mais preocupa devido a diversos fatores. Apesar de ser a cidade mais rica do país, ela possui um sistema de transporte extremamente difícil, aeroportos sobrecarregados e a falta do principal que é um estádio para sediar a abertura da Copa.

O projeto agora é a construção da Arena Corinthians mais conhecido como o Itaquerão: Um estádio com capacidade para 65 mil lugares, mas que sequer teve um início concreto em sua construção. Isso preocupa a organização muito embora (pela força que tem a capital paulista) seja totalmente possível sediar a Copa do Mundo.

Em outras cidades como o Rio de Janeiro, por exemplo, as obras seguem dentro do prazo. O Maracanã sediará a final da Copa; os seus serviços continuam em ordem e os investimentos de infraestrutura são discutidos entre os governos estadual e municipal.

Em todas as sedes há (de fato) um empenho para que prazos e metas sejam cumpridos. No entanto, como diz aquele velho ditado que brasileiro sempre deixa tudo para última hora, não nos causará espanto se algumas obras não forem concluídas a tempo.

O conteúdo "Como está o Andamento das Obras para a Copa do Mundo de 2014?" foi feito por Redacao e distribuído por MundodasTribos na categoria Esportes em . Conteúdo atualizado em .

Redacao

Redação Mundo das Tribos.

1

Pode ser do seu interesse

Palmeiras e São Paulo estreiam contra Coruripe e Independente

Palmeiras e São Paulo estreiam contra Coruripe e Independente

Libertadores 2011 Tabela de Jogos

Libertadores 2011 Tabela de Jogos

Brasil perde para Alemanha de forma humilhante

Brasil perde para Alemanha de forma humilhante

Favorita no remo, Fabiana Beltrame perde a final e fica com a medalha de prata no Pan

Favorita no remo, Fabiana Beltrame perde a final e fica com a medalha de prata no Pan

Álbum de figurinhas da Copa do Mundo 2014

Álbum de figurinhas da Copa do Mundo 2014

Dicas de Turismo para Viagens Radicais

Dicas de Turismo para Viagens Radicais