Como escolher blush corretamente

Você viu um blush lindo, no rosto de uma amiga ou de outra mulher; descobriu a sua cor e soube, também, que a textura…

Você viu um blush lindo, no rosto de uma amiga ou de outra mulher; descobriu a sua cor e soube, também, que a textura do produto é cremosa. Então, você corre para comprar o seu, igualzinho ao da outra pessoa. É bom saber que blushes não devem ser escolhidos, desta forma. O efeito deste item de maquiagem pode ser altamente positivo ou, ao contrário, totalmente desfavorável ao seu look. Detalhes como cor e textura devem ser observados, na hora da compra. Saiba como escolher blush corretamente.

Os tipos são muitos, mas é preciso saber escolher o blush (Foto: Divulgação)

Como escolher a cor do blush

Nem todas as cores de blush podem ser favoráveis ao seu tom de pele. Portanto, a primeira coisa a fazer é verificar qual é o seu tipo de cútis. Pessoas muito brancas, por exemplo, devem usar blushes rosadinhos, principalmente se a pele for levemente amarelada. Pigmentos opacos ou cintilantes podem ser escolhidos. Já as cores como pêssego ou dourados opacos não irão contribuir com esse tom de pele.

A pele branca rosada pode não ser favorecida pelos tons de rosa suaves; ao contrário, eles irão ressaltar essa característica. Por outro lado, o rosa queimado, os alaranjados e os tons de pêssego são indicados para este tipo de pele.

Verifique o tom que favorece a sua pele (Foto: Divulgação)

O blush para pele morena deve ter cores que a destaquem. Por isso, tons rosados, dourados e bronze são bastante indicados. Também é válido evitar cores opacas, que não contribuem com o destaque da pele.

Finalmente, a pele negra fica bem com blush vinho, marrons cintilantes, tons de ferrugem ou o vermelho tipo tijolo. Já os tons rosados clarinhos ou vermelhos abertos podem não favorecer esta cor de cútis.

Leia Também:  Tipos de blush: como escolher

Como escolher a textura do blush

Saber aplicar o blush também é importante (Foto: Divulgação)

A textura do blush também deve ser considerada, na hora da compra. A maquiagem para pele oleosa, por exemplo, não deve ter a textura cremosa. Este tipo de produto é mais indicado para peles secas ou normais. Neste caso, recomenda-se o blush em pó. O blush em bastão é mais favorável às peles seca e mista. Basta aplicá-lo diretamente na pele e espalhá-lo, com as mãos.

Se a escolha for pela versão cremosa, líquida ou do tipo mousse, é importante ressaltar que, mesmo em peles secas, este tipo de produto não dá bons resultados, em dias ou noites muito quentes. Portanto, quem deseja comprar um blush, por exemplo, para trabalhar, deve ter atenção com esse detalhe. Estações mais frias são favoráveis.

Finalmente, ao escolher qualquer tipo de textura ou cor, desde que ela se encaixe com o seu tipo de pele, vale a pena aprender como aplicar corretamente o blush. De nada adianta comprar o produto ideal se, na hora de passá-lo, não se sabe como fazê-lo. Quem é que nunca viu, por aí, erros feios de maquiagem, envolvendo este produto?

Top