Como consultar avaliação de plano de saúde pela internet

Desde dezembro de 2013, os consumidores podem fazer consultas de informações sobre o desempenho das empresas de planos de saúde na página da Agência…

Desde dezembro de 2013, os consumidores podem fazer consultas de informações sobre o desempenho das empresas de planos de saúde na página da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) por meio da internet.  A ferramenta disponibilizada para esse tipo de prestação de serviço é a Espaço da Qualidade, e tem como objetivo proporcionar mais acessibilidade a dados de serviços do setor ao consumidor na hora de contratar um plano de saúde.

Leia mais sobre: Melhor plano de saúde para idosos dicas

Pesquise na internet sobre o plano de saúde (Foto: Divulgação)

Procure informações do plano de saúde na internet

Além de buscar dados sobre os planos de saúde junto a Agência Nacional de Saúde Suplementar é preciso fazer uma pesquisa em redes sociais, onde usuários podem comentar o tratamento que receberam. O mesmo vale para sites especializados em receber reclamações de usuários, como por exemplo, o www.reclameaqui.com.br.

Planos de saúde suspensos

Desde essa quarta-feira, 14 de janeiro, 225 planos de saúde de 28 operadoras estão suspensos e não podem ser comercializados em todo o Brasil. De acordo com determinação da Agência Nacional de Saúde Suplementar. Veja a lista completa de planos suspensos no país. As empresas não poderão vender os seus serviços até março desse ano. A suspensão pode ser prorrogada em caso de reincidência em novas análises.

Saiba mais sobre: Consultar de aposentadoria no INSS

 

A ANS disponibiliza a lista de planos com má avaliação na internet (Foto: Divulgação)

Monitoramento dos serviços de saúde teve início em 2011

Em dezembro de 2011 a ANS começou a prestar mais atenção nas empresas que vendem planos de saúde. Esse tipo de fiscalização tem como objetivo fazer com que essas empresas forneçam de fato o que está em contrato. A mudança de perfil de consumidor desse tipo de serviço fez com que as companhias vendessem mais convênios médicos do que conseguissem atender de fato. Por isso, muitas prestam um atendimento de má qualidade.

Leia Também:  Cupcake de pizza: como preparar

As operadoras de plano de saúde suspensas que não cumprirem os prazos máximos de atendimento determinados, terão que pagar multas que variam entre R$ 80 mil e R$ 100 mil para situações de urgência e emergência que forem apontadas como negligentes. Se voltarem a apresentar os problemas sofrerão medidas administrativas, como a suspensão da venda de planos, e em casos mais graves, afastamento de seus dirigentes. A lista completa de planos de saúde suspensos pode ser acessada no site da Agência Nacional de Saúde Suplementar.

Top