Cometa Pan-Starrs pode ser visto do Brasil: saiba mais

Para os apaixonados por astronomia o ano de 2013 promete um espetáculo à parte no céu: os cometas. No Brasil, já é possível ver…

Por Élida Santos em 08/03/2013

Para os apaixonados por astronomia o ano de 2013 promete um espetáculo à parte no céu: os cometas. No Brasil, já é possível ver o Pan-Starrs. De acordo com o Observatório Astronômico da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS), quem estiver curioso para ver a pedra de gelo gigante terá de olhar para oeste durante o por do sol, em especial por volta das 19h30 (horário de Brasília, com pequena variação dependendo da região do país que estiver).

Leia mais sobre: Cidades brasileiras com planetários

O cometaPan-Starrs pode ser visto do Brasil (Foto: Divulgação)

Ver o cometa Pan-Starrs

Segundo Marcelo Emílio Bruckmann, que é técnico do observatório astronômico, com um pequeno instrumento, como um binóculo, já é possível observar o cometa que cruza o céu nacional. Em regiões com pouca poluição luminosa, interior do país, por exemplo, existe a possibilidade de visualizar o item a olho nu. O cometa estará bem próximo do horizonte. Outro objeto astrológico, o Lemmon, também está passando nos céus do Brasil, mas é bem complicado de ser registrado.

Saiba mais sobre objetos voadores que passaram perto da terra: Asteroide deve passar próximo a terra na próxima terça-feira

Cometas são mais comuns do que se pensa (Foto: Divulgação)

Pan-Starrs pode ser visto até no dia 15 de março

O cometa Pan-Starrs deve ser visto até o dia 15 de março. O melhor dia para conseguir ver no céu o item será o 12. Ele vai aparecer cerca de 30 minutos depois do anoitecer, próximo à Lua Nova (apesar de estar “oficialmente” nesta fase, o satélite já terá uma pequena “foice” visível).

Veja também informações sobre asteroides: Asteróide passa próximo a Terra nesta sexta-feira

Porém, o Pann-Starrs é somente uma espécie de aquecimento para um espetáculo muito mais impressionante: o Ison. “Talvez este seja o cometa de séculos. Estão comentando que a visibilidade dele pode ser tal que possa ser visto durante o dia. Eu acho muito auspicioso ainda afirmar. É preciso ter algumas referências mais confiáveis sobre isso”, explica Bruckmann. Porém, a passagem do Ison só poderá ser vista no final desse ano.

Top