Com Neymar e Hulk no ataque, Brasil faz amistoso contra o México

Mano Menezes deve promover até seis mudanças na equipe titular em relação à última partida. Atacante Hulk, do Porto, ganhou a vaga de Fred na frente

Autor do gol da vitória sobre a Costa Rica, Neymar vai se firmando como titular absoluto de Mano

Sem jogos válidos por competições oficiais para disputar neste ano, o técnico Mano Menezes aproveita os amistosos internacionais para testar jogadores na tentativa de definir sua equipe ideal para defender a Seleção Brasileira. Nesta terça, o desafio do Brasil é encarar o México, às 22h30 (horário de Brasília), no Novo Estádio Corona, na cidade de Torréon, no México.

Depois do fraco desempenho na magra vitória por 1 a 0 sobre a Costa Rica, na última sexta-feira, Mano deve utilizar o amistoso diante dos mexicanos para analisar outros atletas.

Ao todo, o treinador brasileiro deve promover seis mudanças em relação á equipe titular que enfrentou os costa-riquenhos. A principal alteração deve ser no ataque, setor em que Mano apostará suas fichas no atacante Hulk. Assim, Fred volta a figurar entre os reservas.

Prestes a realizar seu primeiro jogo como titular com a camisa da Seleção Brasileira, Hulk não esconde a ansiedade, mas mostra estar seguro para jogar. “Estou me sentindo cada vez mais à vontade no ambiente da Seleção e pronto para jogar. Se eu atuar e marcar um gol ficará marcado na minha carreira para sempre”, revelou o atacante em entrevista ao site oficial da CBF.

Além do setor ofensivo, o treinador brasileiro deve mexer em outros setores da equipe. Nas laterais, Daniel Alves e Marcelo assumem as vagas de Fábio e Adriano. No meio de campo, os volantes Lucas Leiva e Fernandinho têm a chance de atuar nos lugares de Ralf e Luiz Gustavo.

A outra alteração já confirmada é a entrada do goleiro Jefferson no lugar de Júlio César, cortado pela comissão médica da Seleção Brasileira em virtude de dores no adutor da coxa esquerda.

Continuar Lendo  De olho na liderança, Corinthians recebe o Avaí no Pacaembu

Dupla “inglesa é a arma do México

Para a partida frente o Brasil, o México aposta em sua dupla de ataque para superar a seleção de Mano: Giovanni dos Santos, que atua pelo Tottenham, da Inglaterra, e Chicharito, a grande promessa do futebol mexicano e que atualmente defende as cores do Manchester United, também da Inglaterra.

Brasil e México já se enfrentaram 31 vezes em toda a história. E o Brasil levou a melhor: 18 vitórias da Seleção Brasileira contra seis dos mexicanos e sete empates.

FICHA TÉCNICA

MÉXICO x BRASIL

México: Sánchez; Juárez, Rodríguez, Moreno e Salcido; Rafa Marquez, Castro, Barrera e Guardado; Giovanni dos Santos e Chicharito. Técnico: José Manuel de La Torre

Brasil: Jefferson; Daniel Alves,     e Marcelo; Lucas Leiva, Fernandinho e Lucas; Ronaldinho, Neymar e Hulk. Técnico: Mano Menezes

Árbitro: Marlon Mejía (El Salvador)

Assistentes: Daniel Williamson (Panamá) e Octavio Jara (Costa Rica).

Top