Cirurgia plástica para melhorar os contornos corporais

Ao perder grande quantidade de massa corpórea, como em caso de redução de estômago, o corpo acaba ficando com excessos de pele e flacidez.…

Por Editorial MDT em 08/10/2011

Ao perder grande quantidade de massa corpórea, como em caso de redução de estômago, o corpo acaba ficando com excessos de pele e flacidez. Nesse caso pode ser aplicada a cirurgia plástica de contorno corporal. É uma cirurgia extensa e extremamente delicada, mas o resultado é satisfatório. O procedimento total pode durar em torno de 2 à 5 horas. Os cortes são longos, mas são feitos em locais mais escondidos do corpo. Se o cirurgião for experiente e sua cicatrização for boa, as cicatrizes ficam quase que imperceptíveis.

Não adianta apenas perder peso. Quem passou pela obesidade mórbida e consegue emagrecer, quer ter um corpo magro e contornado novamente. Sem essa cirurgia, há um grande excesso de pele nos membros superiores, inferiores, na parte abdominal e no resto do corpo. Com a cirurgia de contorno, o cirurgião vai desenhando a silhueta, retirando todo o excesso de pele e de gordura, se ainda houver.

A cirurgia plástica completa do contorno corporal inclui a lipoaspiração, ressecção das dobras do abdômen, dos braços, das coxas, facelift, mamoplastia e outros procedimentos se necessários. Por isso, é uma cirurgia tão extensa e delicada. Nesse caso a anestesia é geral, pois o corpo todo será cortado e modificado. O pós-operatório é um pouco mais complicado que os demais, a dor vai estar presente em todos os lugares. Esse incômodo pode ser controlado com a ajuda de analgésicos específicos.

A cirurgia plástica para melhorar os contornos corporais também pode ser feita em etapas, evitando um pós-operatório muito complicado e dolorido. O retorno a rotina se dará após 4 semanas e as atividades mais pesadas após 12 semanas. É preciso também realizar um pré-operatório pesado e de qualidade. O paciente precisa passar por uma bateria de exames, mesmo porque ele já foi obeso e os obesos acabam sofrendo com complicações e algumas doenças.

A cirurgia pós obesidade mórbida deve ser feita por profissionais competentes e experientes na área. Converse com demais pacientes que já passaram pelo procedimento. Saiba de tudo e mais um pouco antes de passar pelo procedimento. Peça a opinião de outros médicos, de áreas relacionadas com o assunto.

A análise dos exames deve ser feita pelo cirurgião plástico, mas pode ser feita também por um profissional de sua confiança. Os preços variam dependendo de cada cirurgião, mas não passam de R$15 mil, quando muito. O valor pode ser parcelado em quase todas as situações.

Top