Cirurgia de redução de estômago: riscos

Um procedimento cirúrgico que vem crescendo entre os indivíduos é a cirurgia bariátrica. Para se ter uma ideia, por ano, em torno de 20…

Um procedimento cirúrgico que vem crescendo entre os indivíduos é a cirurgia bariátrica. Para se ter uma ideia, por ano, em torno de 20 mil brasileiros são submetidos à cirurgia de redução do estômago. Apesar de proporcionar grandes vantagens ao indivíduo que a realiza, os médicos alertam que a operação não faz milagre, sendo necessário tomar alguns cuidados, para que o ganho de peso não volte a atormentar o indivíduo. Além disso, como qualquer outro tipo de procedimento cirúrgico, a cirurgia bariátrica também apresenta riscos. Conheça abaixo alguns exemplos deles.

Saiba como a cirurgia bariátrica pode reduzir os riscos de diabetes nos indivíduos. 

Muitos indivíduos obesos recorrem a realização de cirurgia de redução de estômago, em nosso meio. (Foto: divulgação)

 

Cirurgia de redução de estômago no Brasil – um procedimento recente

A cirurgia de redução do estômago completa 15 anos no Brasil, sendo que a procura pela sua realização, vem crescendo. Segundo especialistas, a maioria dos pacientes é formada por jovens e mulheres. Para se ter uma ideia, no ano de 2003, na rede pública, foram realizadas em torno de 3 mil cirurgias, sendo que esse número vem dobrando a cada ano.

A cirurgia bariátrica não faz milagre!

A cirurgia de redução do estômago está cada vez mais popular entre os indivíduos, porém causa muitas preocupações entre os especialistas. Logo após a realização do procedimento, os obesos devem aprender a realizar uma dieta saudável e balanceada. Isso ajuda o indivíduo que foi submetido a cirurgia a manter o peso, assim como impede que ele desenvolva doenças.

Leia Também:  Tendências moda 2015 em alta no Verão

Conheça os problemas relacionados ao período pós-cirúrgico

Segundo especialistas, logo após o procedimento cirúrgico, o indivíduo poderá apresentar algumas doenças. Entre eles, podemos citar:

  • Anemia;
  • Transtornos neurológicos.
  • Osteoporose;
  • Morte.

A melhor forma de evitar as consequências do procedimento, é ideal seguir as orientações dos médicos, assim como realizar um acompanhamento pós-operatório adequado.

São diversos os riscos relacionados à cirurgia de redução do estômago. (Foto: divulgação)

Saiba quais são as complicações relacionadas ao procedimento cirúrgico

De acordo com dados, um em cada dez pacientes pode apresentar complicações pós cirurgia da redução do estômago. Uma das melhores formas de evitar as complicações, é realizar um acompanhamento adequado, associado as orientações psicológicas.

Acompanhe quais são os riscos relacionados à cirurgia bariátrica

Separamos abaixo alguns exemplos dos riscos relacionados à cirurgia de redução do estômago. São eles:

  • Náuseas e vômitos;
  • Embolia pulmonar (coágulo de sangue no pulmão);
  • Fístulas ( vazamento do conteúdo do estômago ou do intestino para a cavidade do abdômen ou da pele);
  • Infecção;
  • Pneumonia;
  • Sangramentos;
  • Distúrbios nutricionais;
  • Alterações psicológicas;
  • Anemia crônica.

    O acompanhamento é muito importante após a realização da cirurgia bariátrica. (Foto: divulgação)

A cirurgia de redução do estômago é muito procurada entre os indivíduos. No entanto, é preciso seguir as orientações dos especialistas, de modo a evitar futuras consequências que, por vezes, podem ser fatais.

Conheça mais informações sobre a cirurgia bariátrica.

Top