Caso Shaolin: Motorista nega culpa, mas pode pegar 4 anos de prisão

Jobson Clemente Benício, que dirigia o caminhão envolvido no acidente que deixou o humorista Shaolin gravemente ferido, apresentou sua defesa alegando que não teve…

Por Editorial MDT em 01/12/2011

Humorista está em coma há dez meses. (Foto: Divulgação)

Jobson Clemente Benício, que dirigia o caminhão envolvido no acidente que deixou o humorista Shaolin gravemente ferido, apresentou sua defesa alegando que não teve intenção de ferir o humorista e diz que foi uma fatalidade.

A perícia realizada no local do acidente mostra que há marcas do pneu do caminhão de Jobson na pista onde Shaolin trafegava. Além dele ter invadido a pista contrária, o motorista ainda está sendo acusado de lesão corporal e omissão de socorro, por ter fugido do local sem prestar socorro a vítima.

“Juntando as penas previstas pelos dois crimes, o réu pode pegar até quatro anos de prisão”, afirmou Maracajá, promotor do caso.

O julgamento do motorista está marcado para o dia 13 de março, em uma única audiência em que o juiz pode declarar a sentença no mesmo dia, ou então em até dez dias após o julgamento.

O acidente ocorreu no dia 18 de janeiro deste ano, e o humorista segue em coma até hoje. Inicialmente Shaolin ficou gravemente ferido, sofreu um traumatismo craniano além de uma fratura exposto no braço. Após passar quase seis meses internado, Shaolin voltou para casa e já respira sem a ajuda de aparelhos.

Apesar de não se comunicar e nem se movimentar, o humorista abre os olhos e expressa emoções como o sorriso, ou lágrimas. O coma do artista é conhecido como Coma Vigil, quando o paciente não responde a estímulos, mas fica acordado. Não é possível saber se o humorista entende o que acontece ao seu redor, mas desde que voltou para casa em junho, ele tem respondido bem ao tratamento e vem melhorando pouco a pouco.

Top