Carboxiterapia para eliminar flacidez da pele

A carboxiterapia para eliminar flacidez da pele é uma poderosa aliada contra estrias, celulites e tantos outros problemas estéticos. O procedimento é antigo, usado…

A carboxiterapia para eliminar flacidez da pele é uma poderosa aliada contra estrias, celulites e tantos outros problemas estéticos. O procedimento é antigo, usado desde 1777, mas ao longo dos séculos ele foi aprimorado para melhorar os resultados.

Carboxiterapia para eliminar flacidez da pele. (Foto: Divulgação)

Como é feita a carboxiterapia?

A carboxiterapia é um tratamento estético realizado com um aparelho ligado a um cilindro de gás carbônico medicinal. O sistema regula a quantidade da substância que é injetada na pele flácida através de uma agulha.

A profundidade da aplicação varia de acordo com a situação do paciente. Por exemplo, a carboxiterapia para celulite insere a agulha entre a pele e a gordura. Já no tratamento contra as estrias, o gás medicinal é injetado nas cicatrizes.

O gás carbônico, principal componente do tratamento de carboxiterapia, é responsável por dilatar os vasos sanguíneos e estimular a formação de novos vasos. Com isso, a irrigação sanguínea dos tecidos melhora, bem como a oxigenação. A técnica também atua no combate a flacidez porque estimula a produção de colágeno e quebra as gorduras.

Leia mais: Carboxiterapia para Olheiras: saiba mais

A carboxiterapia trata as estrias. (Foto: Divulgação)

O número de sessões de carboxiterapia varia conforme a situação do indivíduo. As clínicas de estética costumam oferecer pacotes de 10 sessões, que devem ser realizadas com um intervalo de 15 dias.

A carboxiterapia tem algumas desvantagens, como o fato de ser um procedimento doloroso. A aplicação dói porque o gás provoca um ligeiro descolamento da pele, mas esta dor é suportável. O procedimento, por sua vez, é contraindicado em casos de gravidez, alergia de pele, infecção local, obesidade, distúrbios psiquiátricos e urticária.

Carboxiterapia para eliminar flacidez da pele

Muitas mulheres estão investindo na carboxiterapia para eliminar flacidez da pele. Confira a seguir como a técnica atua em diferentes casos:

• Carboxiterapia para estrias

As estrias aparecem quando as fibras elásticas que sustentam a pele se rompem. Elas formam cicatrizes na pele, que a princípio são avermelhadas e depois ficam brancas. Para resolver este problema, basta contar com a técnica de carboxiterapia.

O gás carbônico, quando aplicado na área com estria, distende a cicatriz e estimula a produção de colágeno no local tratado. Os resultados são melhores nas estrias novas (vermelhas).

O gás carbônico medicinal também trata celulites. (Foto: Divulgação)

• Carboxiterapia para celulite

A celulite é outra manifestação comum de flacidez na pele. O tratamento com carboxiterapia consegue eliminar os três níveis do problema: edema, gordura e fibrose. A injeção de gás ativa o metabolismo, quebra as células de gordura e melhora a irrigação sanguínea.

Se você deseja acabar com celulites e estrias, então aposte na carboxiterapia para eliminar flacidez da pele.






Top